Xbox Game Pass faz pouco dinheiro para a Microsoft actualmente

É uma jogada a longo prazo.

O Xbox Game Pass da Microsoft tornou-se numa das principais faces da Xbox e o serviço por subscrição cresce de popularidade a cada novo mês, ao ponto de se ter tornado num dos principais focos para a promoção da marca.

A oferta de jogos de grande qualidade a grande ritmo deixa os seus subscritores altamente contentes e até estupefactos com o trabalho da Microsoft. É uma proposta de incrível valor para jogadores nas consolas Xbox e PC, que frequentemente levanta dúvidas sobre a sua rentabilidade.

Aaron Greenberg, gestor de marketing na Xbox, foi questionado pelo What's Good Games (obrigado Gamespot) sobre isso mesmo e apesar de afirmar que as finanças da Xbox estão de boa saúde, confessa que actualmente não ganham muito dinheiro com o Xbox Game Pass.

"Rimos sempre quando ouvimos isso. Por favor, não se preocupem connosco. A Microsoft ficará bem. Vamos conseguir, penso que vamos ficar bem," respondeu Greenberg quando questionado sobre a rentabilidade do serviço.

"É um pensamento diferente. Se queres optimizar o lucro e dizes especificamente, podes dizer, 'Como tiramos o máximo de lucro de cada consumidor?' Ou optas por dizer, 'Como podemos adicionar o máximo de valor para os nossos fãs?' 'Como podemos até exagerar no valor?' Se fizeres isso, constróis fãs para a vida," diz Greenberg da estratégia da Xbox para o Game Pass.

Greenberg diz que actualmente, o Xbox Game Pass "não é uma jogada de grande lucro", mas a companhia está a pensar a longo prazo e que se o serviço é dispendioso a curto prazo, acabará por recompensar a longo prazo se o plano da Microsoft der certo.

Segundo diz, quando as pessoas sentem que estão a receber mais do que aquilo que pagam, vão querer continuar subscritores e "vão querer contar aos amigos sobre isso."

Para a Xbox, o efeito de passa a palavra é incrivelmente poderoso e eficaz do que qualquer marketing que possam fazer. Se esse efeito estiver a acontecer contigo ou com os teus amigos, então a Microsoft está a conseguir o que quer.

"Pensamos que a longo prazo isso é o mais acertado para o negócio e teremos benefícios a longo prazo. A curto prazo, sim, o Xbox Game Pass não é uma jogada de grande lucro. Mas acreditamos que a longo prazo resultará bem para todos."

Sobre o poder do Xbox Game Pass, o analista Serkan Toto comentou que perante a capacidade financeira da Microsoft, a companhia pode continuar a investir no serviço com uma postura que pode ser descrita como "levar um canhão para uma luta de facas".

Salta para os comentários (99)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Carrefour coloca preço na PS5 e Xbox Series X

A consola da Sony será a mais cara.

Editora indie diz que os jogos mais pequenos "não vendem nada na PS4"

"Depois disto, duvido que lançaremos outro jogo na PS4."

Anunciada nova State of Play

Sem novidades da PlayStation Studios.

Eis o primeiro olhar à nova Microsoft Store

Insiders Xbox começam a testá-la dentro de dias.

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (99)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários