Xbox já não está tão dedicada aos jogos como serviço, diz Aaron Greenberg

"A indústria está a aprender".

A Xbox apresentou diversos novos jogos e como certamente reparaste, existe uma incrível diversidade no catálogo que os Xbox Game Studios estão a preparar e esse é um dos principais objectivos.

Aaron Greenberg, da equipa de Marketing na Xbox, acredita que o mais importante é apoiar as visões dos estúdios e que não faz sentido perseguir à força o conceito de jogos como um serviço.

Questionado pelo Kotaku sobre a mudança de uma Microsoft focada nos jogos como serviços no início da geração para uma Microsoft mais focada em diversificar, Greenberg diz que o processo resultou de uma aprendizagem que alberga toda a indústria.

"Sim. Escuta, penso que toda a indústria está numa espécie de jornada de aprendizagem nos jogos como serviço," diz Greenberg.

"Para nós, damos poder às equipas criativas para seguirem e criarem os jogos que querem e penso que é fantástico que a Rare queria criar Sea of Thieves e fazer algo novo com a ideia de 'jogos como um serviço', respeitamos e apoiamos totalmente para continuarem a fazer isso."

"Mas também aceitamos um jogo que tenha um início, meio e um fim e penso que The Outer Worlds e Wasteland 3 são bons exemplos disso. Continuaremos a apoiar as equipas que o querem fazer."

Greenberg diz que o feedback dos fãs é poderoso e que a indústria encontrará um ponto de maior equilíbrio, no qual o conceito de jogos como um serviço não será forçado em jogos onde não encaixa.

"É bom mostrar muitos jogos novos num evento como este e entre esses jogos novos podes ver que nem tudo é construído como um serviço. Mas dito isto, em alguns faz sentido e iremos continuar a apoiá-los e aos fãs que jogam esses jogos."

Salta para os comentários (86)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (86)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários