Produtor de Anthem deixa a Bioware

Ben Irving saiu para outra companhia de videojogos.

Após oito anos na Bioware e uma semana depois da actualização Cataclysm de Anthem, o produtor principal do controverso lançamento da Electronic Arts saiu da companhia.

Ben Irving anunciou ontem, através do Twitter, que está neste momento a caminho de outra empresa de videojogos para uma "entusiasmante oportunidade" e que Anthem ficou em boas mãos.

Anthem foi lançado a 22 de Fevereiro de 2019 e tornou-se num dos mais polémicos jogos do ano e ver um dos principais responsáveis deixar a Bioware seis meses após o seu lançamento, poderá não ser a melhor notícia para quem esperava uma forte visão para vários anos.

No entanto, Irving diz que Anthem já está em boas mãos há algum tempo e assim permanecerá, agradecendo ainda aos seus colegas pelos oito anos de trabalho.

"Após 8 anos espectaculares na Bioware, tomei a decisão de seguir em frente e aceitei uma entusiasmante oportunidade noutra companhia de videojogos," começa por dizer Irving.

"Desde a primeira vez que joguei Baldur's Gate há tantos anos atrás, a Bioware era o local de sonho onde sempre quis trabalhar. Estarei eternamente grato a todas as pessoas que me deram a oportunidade de trabalhar em grandes produtos com pessoas espantosas."

"Acredito que Anthem tem um futuro brilhante - está uma equipa espectacular a trabalhar nele e estou ansioso por acompanhar o seu progresso (e jogar) do exterior."

"Gostei mesmo de interagir com a comunidade de Anthem - transmissões, Twitter e Reddit. Através dos bons e dos maus momentos. Estão todos em boas mãos com o Jesse Anderson e o Andrew Johnson (há já algum tempo que estão). Desejo o melhor para todos. Ben."

Jesse Anderson e Andrew Johnson fazem parte da equipa de comunicação da Electronic Arts e provavelmente vão-se tornar no principal meio de interacção com a comunidade.

Irving confirma que Anthem continuará a receber o suporte da Bioware e fala num "futuro brilhante", mas teremos de continuar pacientemente à espera para ver o que a EA fará desta propriedade.

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

PlayStation 5 CFI-1100 review: melhor ou pior do que a consola de lançamento?

O modelo revisto da Sony é tranquilizador e não controverso.

Short Games Collection chegará à Switch a 1 de Outubro e foi feita em Portugal

5 mini-jogos para quem quer diversão e tem pouco tempo.

Gran Turismo 7 usa o mesmo sistema de danos de GT Sport

Polyphony Digital confirma que usa a mesma tecnologia.

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários