Campeão da Fortnite World Cup alvo de "swatting"

“Meu, estão aqui com armas.”

Kyle "Bugha" Giersdorf, jovem de 16 anos que recentemente se tornou no Campeão a Solo na Fortnite World Cup - levou para casa um prémio de $3 milhões, foi alvo de "swatting" durante uma transmissão em directo.

O incidente, que ocorreu durante o fim de semana (tal como avançado pelo Kotaku), foi capturado em vídeo e mostra Giersdorf a ser interrompido pelo seu pai, que o informa que estão polícias armados à sua porta. Cerca de 10 minutos depois, Giersdorf volta, perturbado, e diz aos amigos que, "Eles têm armas, meu".

Giersdorf diz que um dos polícias o reconheceu e a situação foi resolvida sem mais incidentes.

Infelizmente, consoante as transmissões em directo se tornam mais populares, também o swatting se torna mais comum e nem sempre as coisas acabam bem.

O swatting acontece quando é feita uma falsa denúncia anónima que relata à polícia tiros ou violência numa determinada morada, o que motiva as forças da lei a enviar agentes especiais à ocorrência.

Em 2014, um youtuber foi preso a meio de uma transmissão e em 2017, uma discussão em torno de Call of Duty acabou com a morte de uma pessoa de 28 anos quando um swatting correu pelo pior.

Nesse mesmo ano, um homem foi alvejado com balas de borracha na cara e peito após uma falsa denúncia de terrorismo.

Os departamentos da polícia nos Estados Unidos da América tomaram medidas para impedir incidentes fatais, consoante os casos de denúncias falsas começaram a crescer. A polícia de Seattle iniciou um programa que permite aos streamers registar os seus nomes se acreditarem que podem ser alvo de uma partida destas. No Kansas, foi aprovada uma lei "anti-swatting" que poderá resultar numa sentença de prisão entre 10 a 14 anos para quem se atrever a experimentar algo do género.

Katherine Clark, representante nos Estados Unidos, apresentou várias propostas de lei ao Congresso para tornar o swatting num crime e como resultado disso, foi alvo de uma partida destas.

Giersdorf parece resumir bem a situação: "A internet é simplesmente louca".

Publicidade

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Dev Kit PS5 renderizado em 3D

Será uma amostra do design da consola.

Ghostrunner recebe vídeo com gameplay

Acção frenética na primeira pessoa.

Gears POP! já disponível

É Gears, em formato POP! da Funko.

Também no site...

Comentários (7)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários