A Activision confirmou oficialmente os primeiros detalhes de Call of Duty: Modern Warfare e fala numa abordagem inédita e radical à série, que finalmente se apresenta com um novo motor.

Segundo revelado, a Infinity Ward procurou quebrar as barreiras da série e apresenta uma campanha singleplayer relevante e emocionante - é referido que terás missões em cidades Europeias e no Médio Oriente.

O icónico Captain Price está de volta e numa campanha onde os teus reflexos serão testados, terás momentos de estratégia que suportam uma narrativa que incentiva diversos estilos de jogo. A Activision falou ainda que uma grande parte da campanha será jogada da perspectiva de um soldado de Árabe.

Call of Duty: Modern Warfare apresentará uma épica campanha singleplayer, um multi-jogador repleto de acção e novos modos cooperativos, sendo referido como um "novo Modern Warfare reimaginado de todas as formas."

Um dos principais objectivos de Call of Duty: Modern Warfare é unir a comunidade e para isso, a Infinity Ward destaca a ausência de um Season Pass - sim, é isso mesmo, o jogo será apoiado com mapas e conteúdos gratuitos para todos os jogadores.

Esta é uma grande novidade pois a Activision foi altamente criticada pela forma como separou a comunidade de Call of Duty nos anteriores jogos, devido aos Season Passes e aos mapas que lhes eram exclusivos.

Adicionalmente, Call of Duty: Modern Warfare apresentará cross-play entre consolas e PC para que a comunidade possa partilhar os mesmos mapas e desfrutar da sua acção em conjunto.

A Activision anunciou ainda que Call of Duty: Modern Warfare usará um novo motor de jogo capaz de gráficos de elevada qualidade.

Call of Duty: Modern Warfare será compatível com 4K HDR, ray-tracing no PC, e beneficiará com novas tecnologias como fotogrametria, um novo sistema de streaming, iluminação volumétrica global e melhorias na geometria.

Call of Duty: Modern Warfare chegará a 25 de Outubro.

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.