Call of Duty: WW2 censurado na Austrália

Classificado para maiores de 18.

A Activision modificou uma cena em Call of Duty: WW2 na sua versão Australiana, que envolve uma iminente ameaça sexual.

Avançado pelo Kotaku Australia, a Activision viu-se forçada a submeter novamente o jogo da Sledgehammer Games para aprovação, após ter recebido uma classificação de +18 devido à inclusão de uma cena de "ameaça de violência sexual".

Segundo a entidade Australiana responsável pela classificação etária dos jogos, COD: WW2 contém uma referência a ameaça de violência sexual definida pelo contexto.

Cuidado com os spoilers.

A cena referida pela entidade Australiana envolve a espia Rosseau, cntrolada pelo jogador, que vê uma mulher ser arrastada por um soldado Nazi para um armário e quando Rosseau abre a porta, o soldado diz "Vai embora, isto não te diz respeito."

Terás de decidir se matas o soldado ou vais embora. Na versão enviada para classificação na Austrália, se fores embora, fechas a porta e ouves o soldado e abrir o fecho das calças enquanto a mulher grita.

Apesar de não ser apresentada essa situação de violência sexual, a entidade Australiana diz que está contextualizada e existe a ameaça.

Para não enviar o jogo para as lojas com uma notificação de violência sexual, a Activision modificou o jogo para o reenviar. Na nova versão, a mulher usa umas calças e um top, ao invés de uma saia e um top, e o som do fecho a abrir foi removido.

O jogo permanece para +18 mas não apresentará a notificação de violência sexual, mas agora fica a questão sobre qual a versão que será apresentada no resto do mundo.

Na América do Norte, Call of Duty: WW2 recebeu a classificação "M for Mature", e a sua descrição pela ESRB fala em sangue, violência intensa, brutalidade e linguagem ofensiva. Não menciona violência sexual de qualquer espécie, sugerindo que na América do Norte será apresentada a versão modificada..

Publicidade

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários