SEGA fala sobre o sistema de combate em Valkyria Revolution

Existirão bosses de larga escala.

Valkyria Revolution é o novo JRPG da SEGA, que estará disponível a 19 de Janeiro no Japão e até Agosto de 2017 na Europa, e hoje a companhia Japonesa falou um pouco sobre o sistema de combate.

De acordo com a SEGA, o LeGION é um sistema de batalha que foi pensado para oferecer o entusiasmo de derrotar exércitos com um pequeno grupo de pessoas. Ainda assim, a sua base continua a ser os RPGs tradicionais. Isto significa que teremos de utilizar itens como granadas de fumo, utilizar magia para atacar e recuperar energia, mas também lutar com armas de fogo e espadas.

É um sistema ligeiramente diferente do que encontramos nos jogos Valkyria Chronicles, algo que a SEGA desejou destacar ao chamar o jogo de Revolution, e não nos movemos por turnos numa espécie de grelha, aqui temos total liberdade de movimentos, e um determinado tempo até executarmos a próxima acção.

Quando o jogador invoca a "palete de batalha" o tempo pára, e quando escolhemos o que queremos, a acção reinicia, uma espécie de combinação entre estratégia e acção em tempo real.

A SEGA confirmou ainda que Valkyria Revolution apresentará bosses de larga escala, na forma de grandes máquinas controladas pelos quatro oficiais mais importantes do Império.

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Tales of Arise dura cerca de 50 horas

Equipa usa Berseria como referência.

NieR: Automata e Ghostrunner no PS Now em Agosto

Undertale também é uma das novidades.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Também no site...

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários