Activision não está preocupada que Modern Warfare Remastered seja mais popular que Infinite Warfare

Apenas sabe que os jogadores vão jogar COD.

Rob Kostich, vice presidente executivo da Activivision e gestor geral da série Call of Duty, disse à Forbes que este foi o momento ideal para lançar Call of Duty: Modern Warfare Remastered, depois dos pedidos dos fãs, e que não se importa que o jogo seja mais popular que o novo Call of Duty: Infinite Warfare.

"Ouvimos a comunidade em alto e bom som nestes últimos anos. Acreditamos que seria o momento perfeito para celebrar Call of Duty e a comunidade, para onde vamos e onde estivemos reunidos num só pacote. Em termos da oferta em si, e do valor dela, penso que o que estamos a dar à comunidade este ano não tem precedentes na história de Call of Duty," disse Kostich.

O remaster do clássico do Infinity Ward está a conquistar tamanha popularidade que começa a erguer-se acima do controverso Infinite Warfare, que está a ser criticado pelo seu ambiente futurista e especial. No entanto, Kostich não se preocupa com isso pois sabe que no final do ano, os jogadores estarão a jogar Call of Duty.

"É importante ser autêntico quanto ao que os fãs querem. Estamos entusiasmados pois vão estar a jogar muito Call of Duty este ano," disse Kostich sobre a possibilidade de Modern Warfare recuperar o seu estatuto como um dos jogos mais jogados nos serviços online.

Dave Stohl, responsável pelo Infinity Ward, acrescentou que, "Se pensares nisso, estão a coçar dois tipos de comichão. Vais coçar aquela mais nostálgica com o remaster de Modern Warfare, mas também terás todas as coisas novas e fixes com Infinite Warfare. Obviamente que a experiência Infinite Warfare é enorme com toda a pompa e circunstância, mas será divertido voltar ao multijogador de Modern Warfare."

Publicidade

Salta para os comentários (25)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Remedy desmente Control no Xbox Game Pass

Diz nada ter para anunciar sobre o jogo no serviço.

ArtigoRiot Games quer "expandir o Universo de LoL ao criar jogos indie de elevada qualidade"

Leanne Loombe explica-nos numa entrevista o que é a Riot Forge.

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Brasileiro Rafael Grassetti desenha Kid Buu e Cell de Dragon Ball

Director de Arte em God of War continua a mostrar o seu talento

Também no site...

Nintendo Switch bate recordes da Nintendo em Portugal

Vendas em 2019 já superaram as de 2018.

ArtigoRiot Games quer "expandir o Universo de LoL ao criar jogos indie de elevada qualidade"

Leanne Loombe explica-nos numa entrevista o que é a Riot Forge.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Comentários (25)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários