Remedy acredita que podia fazer um novo Max Payne

Mas para isso era preciso a Rockstar estar interessada.

Numa entrevista com o jornal Metro, Sam Lake, o dirigente máximo da Remedy, contou que a sua equipa poderia fazer um novo Max Payne, caso a Rockstar lhes desse a oportunidade de regressar à série.

"A Rockstar contactou-nos no final de Max Payne 3, queriam que fossemos os seus consultores. Jogámos ao jogo e demos-lhe algumas opiniões, e tive uma boa oportunidade para trabalhar com Dan Houser quando ele estava a escrever a prequela em forma de banda desenhada para Max Payne 3. Mas não tivemos mais qualquer envolvimento para além disso," explicou Lake. "Não sei... se essa oportunidade surgisse penso que seria divertido".

Mas e se tivessem a oportunidade de trabalhar numa sequela de Max Payne o que fariam? Lake respondeu que, "Temos todos os tipos de ideias, nós fizemos os dois primeiros Max Payne. De uma perspectiva criativa foi muito bom saber que vendemos esta PI à Rockstar depois do primeiro jogo, e parte do nosso acordo era sermos nós a fazer um segundo jogo."

"Ao longo de todo o projecto eu sabia que este seria o último Max Payne que nós íamos fazer. Fazer isso e dizer adeus a essa franquia foi como terminar um relacionamento para mim. Mas quem sabe, se algo desse género pudesse acontecer de repente, tenho a certeza que faríamos algo muito porreiro," concluiu.

Neste momento a Remedy encontra-se empenhada em Quantum Break, jogo que será lançado no PC e Xbox One no dia 5 de Abril.

Salta para os comentários (12)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (12)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários