Pillars of Eternity salvou a Obsidian

Em 2012 o estúdio esteve quase a fechar.

O sucesso que Pillars of Eternity obteve no Kickstarter foi a salvação da Obsidian Entertainment, que estava prestes a fechar as portas.

Num vídeo que antecipa o documento acerca do desenvolvimento de Pillars of Eternity, vários membros do estúdio revelaram que em 2012 estavam a trabalhar num grande projecto para as novas consolas, que inesperadamente foi cancelado e deixou o estúdio numa situação financeira apertada, o que levou a despedimentos.

Durante vários meses, o estúdio não sabia bem o que fazer, até que a Double Fine usou o Kickstarter para financiar o seu novo jogo de aventura. Foi nesse momento que a Obsidian se apercebeu que o crowdfunding podia ser a solução.

Com a situação financeira cada vez mais grave, a Obsidian criou um protótipo e o conceito em cerca de 2 meses e apresentou o projeto no Kickstarter em meados de setembro de 2012. Cerca de um mês de pois tinha angariado quase $4 milhões para a produção, sendo um dos jogos mais sucesso do crowdfunding.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários