Ubisoft apaga cópias de Far Cry 4 compradas em vendedores não-oficiais

Atualização: Ubisoft responde.

Atualização

O gestor da comunidade de Far Cry respondeu no fórum às várias queixas dos utilizadores, mencionado que "regularmente desativamos chaves que foram obtidas de forma fraudulenta e depois vendidas".

"Neste caso, estamos a investigar a origem da fraude e vamos colocar os consumidores quando tivermos mais informações a partilhar. Entretanto, devem contactar a loja onde compraram a chave".

Original

De acordo com várias queixas no fórum da Ubisoft, a editora gaulesa está a apagar Far Cry 4 das contas dos utilizadores que compraram as sua chaves em vendedores não-oficiais, nomeadamente sites como o Kinguin e G2A.

Além de apagar o jogo das contas, a Ubisoft também inutilizou a chave usada para descarregar o jogo. Vários utilizadores apontam que não receberam um email de alerta por parte da editora.

A Ubisoft ainda não esclareceu a situação, mas o problema pode ser que tanto o Kinguin como o G2A não são vendedores oficiais da Ubisoft. O melhor a fazer para quem foi afetado é contactar a loja onde o jogo foi comprado para tentar obter um reembolso.

Salta para os comentários (30)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (30)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários