THQ leva a EA e a Zuffa a tribunal

No cerne está a aquisição da licença UFC.

A THQ abriu um processo contra a Electronic Arts e a Zuffa, a companhia que o organiza o evento de artes marciais Ultimate Fighting Championship. A faísca que originou o processo foi a aquisição da licença para produzir jogos da franquia UFC, que como sabemos, está agora nas mãos da EA.

De acordo com o documento do processo, quando a THQ se apercebeu que apenas tinha dinheiro para financiar as suas operações por alguns meses, tentou vender a companhia como um todo à Electronic Arts, que tinha demonstrado interesse na licença de UFC desde 2006.

Ambas as companhias chegaram a discutir a venda/compra da THQ, e foi desta forma que a Electronic Arts obteve a acesso a documentos que revelavam o estado financeiro da editora bem como outras informações internas e confidenciais.

Depois de uma reunião que decorreu a 12 de dezembro de 2011, a Electronic Arts expressou que tinha perdido o interesse na compra da THQ. Duas semanas após este acontecimento, a Zuffa enviou uma carta à THQ a demonstrar descontentamento com o marketing dos jogos UFC feito pela THQ e ameaçou terminar a licença.

Importa referir que nunca antes a Zuffa tinha demonstrado descontentamento, e há motivos para acreditar que a Electronic Arts comunicou à Zuffa o estado da THQ e demonstrou interesse em comprar a licença UFC, o que resultou no envio desta carta.

Dado o interesse da Zuffa em passar a licença para as mãos da Electronic Arts, a THQ viu-se forçada a negociar o fim da licença UFC. As negociações decorreram entre a THQ, Zuffa e Electronic Arts, que tirou partido do seu conhecido do estado financeiro da THQ para impedi-la de conseguir um melhor negócio na transição da licença.

A THQ acabou por receber $10 milhões pelo fim de contrato abrupto com a Zuffa, mas o valor justo eram pelo menos $20 milhões, que é um dos motivos para este processo.

Com a licença UFC na sua posse, a Electronic Arts lançará um novo jogo para as próximas consolas já na primavera de 2014.

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Jogador gastou 3350€ em Packs Ultimate Team em FIFA

Estava viciado na possibilidade de obter as melhores cartas.

Jogos PS Plus de Julho 2020 já disponíveis

Para celebrar 10 anos de PlayStation Plus.

Promoções PS Store incluem Spider-Man a 19.99€

Knack 2 também está em promoção!

Também no site...

A Juventus é exclusiva do PES 2020

Será o único jogo com o nome do clube, o emblema e estádio.

PES 2020 - Demo chegará a 30 de Julho

Arsenal, FC Barcelona, Palmeiras, Flamengo e mais.

FIFA 18 - As melhores promessas e estrelas escondidas

Os jogadores melhores e com mais potencial com menos de 21 anos.

PES 2020 não terá o Liverpool licenciado

O contracto com a Konami terminou.

PES 2020 - Data de lançamento, Gameplay, Trailer - Tudo o que sabemos

O que esperar do novo simulador de futebol da Konami?

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários