Em conversa com os Ingleses do Eurogamer, Ken Levine do Irrational Games confirmou finalmente que o filme de Bioshock está morto.

O director criativo do estúdio responsável pelo aguardado Bioshock Infinite, confirmou que Gore Verbinski de Piratas das Caraíbas iria ser o director de um filme de Bioshock com muita sangue e com grandes ambições.

Depois Watchmen saiu e foi um sucesso, o que deixou o estúdio com medo. Verbinski queria 200 milhões de dólares mas os executivos apenas davam 80 milhões, o que não agradou ao director.

Entrou em cena um novo director, Juan Carlos Fresnadillo, de 28 Semanas Depois, mas acabou por sair e o projecto morreu.

"Trouxeram outro director mas não via mesmo ligação ali - e a 2K é uma daquelas companhias que coloca muita confiança criativa nas pessoas, portanto disseram se o quiseres matar, mata-o. E matei-o," disse Levine.

"Pode acontecer um dia, quem sabe, mas teria que ter a combinação certa de pessoas."

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados