Em entrevista com o Guardian, o músico Inglês Labrinth, que esta semana edita o seu álbum de estreia chamado "Electronic Earth", admitiu que é um grande fã da Nintendo e que até chorou uma vez quando a sua mãe desligou a luz enquanto jogava Super Mario World.

"Queria que tivesse um pouco de energia de quarto e ao fazer isso também queria que tivesse algum do meu próprio carácter em termos do uso de sons Super Nintendo. Se alguém ouvisse a minha batida seria como entrar no meu quarto e ver todos os posters na minha parede - irias ver um pouco de Mario Kart, depois irias ver Bob Marley na parede, irias ver um produtor de Dubstep. É uma colagem do que era a minha vida na altura."

"Adoro [videojogos]. Cresci com eles. Lembro-me quando costumava jogar Mario e Street Fighter e a minha mãe gritava 'anda lavar a loiça, anda lavar a loiça" e não ouvia. Estava no Star World de Super Mario e ela entrava no quarto e carregar no botão power da consola. Não sei como podias chorar por coisas destas mas na altura eu chorava."

Certamente que muitos compreendem a sensação, talvez mais do que se possa acreditar.

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (4)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Super Mario Galaxy 2

Sim, é melhor.

Super Mario faz hoje 30 anos

Foi no dia 13 de setembro de 1985 que nasceu o carismático canalizador da Nintendo.

Google cria imagem infográfica com a história de Mario

Inclui também algumas curiosidades interessantes.

Nintendo apresenta vídeo comemorativo dos 30 anos de Super Mario Bros.

Uma viagem pela história dos jogos do canalizador mais famoso do mundo.