Skip to main content

Metro Awakening VR promete ser uma experiência única

Detalhes do gameplay e novas imagens.

Image credit: Vertigo Games

A série de terror de sobrevivência pós-apocalíptica Metro, baseada nos romances de ficção científica best-seller de Dmitry Glukhovsky, vai receber uma nova adaptação para o PS VR2. Anunciado na State of Play em janeiro, Metro Awakening será um jogo independente que se passa antes dos acontecimentos do título original, Metro 2033. Desenvolvido pela Vertigo Games, conhecida por Arizona Sunshine e After The Fall, o jogo promete uma experiência imersiva fiel ao espírito da série.

A história de Metro Awakening foi criada em colaboração com Dmitry Glukhovsky, o autor dos livros que inspiraram a série. De acordo com o diretor criativo Martin de Ronde, a equipa esperava que Glukhovsky criasse uma narrativa em linha com os jogos anteriores. No entanto, o autor apresentou uma história mais pessoal e emocional para uma nova personagem, direccionando o foco do jogo para uma abordagem mais centrada na narrativa.

A adaptação da série Metro para VR envolve a transposição das suas principais características, como a dinâmica entre stealth e combate, para um formato que tira partido da realidade virtual. O diretor do jogo, Samar Louwe, salientou que a RV melhora a experiência de se esconder dos inimigos e observar os seus movimentos, criando uma sensação de tensão constante.

Embora a jogabilidade siga a linha dos jogos principais, Metro Awakening introduz um protagonista que não é um especialista em combate, resultando num ritmo mais lento e num foco na narrativa. A colaboração com o criador original, a 4A Games, permitiu à Vertigo Games utilizar recursos dos jogos anteriores, garantindo a manutenção da estética e da atmosfera de Metro.

Para aumentar a imersão, a Vertigo Games implementou várias interações físicas. Por exemplo, para verificar a quantidade de munições, os jogadores têm de retirar o carregador da arma, em vez de dependerem de um contador na interface. Usar a máscara de gás é também uma experiência tátil, em que o jogador tem de a tirar de uma mochila e colocá-la no rosto.

O jogo oferecerá duas definições de movimento: Conforto e Imersão. No modo Imersão, os jogadores terão movimento contínuo e rotação instantânea, enquanto o modo Conforto permite o teletransporte para uma experiência mais confortável. Mesmo com estas opções, o jogo não se coíbe de criar experiências intensas e viscerais, como ser atirado de uma carruagem de comboio.

Tal como nos jogos anteriores, a procura de munições será uma parte crucial da experiência. Os jogadores terão de explorar o ambiente em pormenor para encontrar balas, encorajando uma exploração minuciosa de todos os recantos.

Metro Awakening tem lançamento previsto para o final deste ano, trazendo uma nova dimensão de imersão à série Metro através do PS VR2. Com uma história desenvolvida em colaboração com Dmitry Glukhovsky e um foco na narrativa e na interação física, o jogo promete uma experiência imersiva.

Lê também