Eurogamer.pt

Digital Foundry - Project Cars 2 corre melhor na PlayStation 4 Pro

A consola da Sony fica mais perto dos 60fps fixos.

Estes são meses intensos para os fãs de corridas, começando já com Project Cars 2 da Slightly Mad Studios, que chega apoiado por novas funcionalidades tecnológicas. A questão é se após o rácio de fotogramas instável do primeiro, como se porta a sequela - e quais as vantagens de jogar na PlayStation 4 Pro?

Project Cars foi desenhado para criar um ambiente de corrida dinâmico, onde as condições climatéricas mudam regularmente o decorrer da corrida. A condução é alterada pela transição entre piso seco e molhado, mudando a forma como controlas o carro, os salpicos de água tornam mais difícil ver a pista. É um aspecto do jogo que foi melhorado na sequela.

Uma nova camada de neve cobre as laterais das pistas, enquanto condições invernosas vão de pequena queda de neve a nevão. As condições climatéricas existentes também foram melhoradas com o uso de fluídos dinâmicos - funcionalidade que permite o amontoar de poças nas pistas quando chove imenso, mais tarde ficam menores consoante o clima muda e a pista começa a secar. Outros elementos tais como mudanças nos cenários e temperatura da pistas, juntamente com mudanças na atmosfera afectam a performance do carro, os pneus, travagens e aerodinâmicas são factores nos cálculos.

Algumas destas funcionalidades estão reservadas para jogos a 30fps como Forza Horizon e DriveClub, mas a Slightly Mad implementa isto em Project Cars 2 e tenta chegar a 60fps. É uma tarefa ambiciosa tendo em conta os limites da PS4 e Xbox One, portanto como o consegue? As contagens sugerem que está presente um conversor dinâmico de resolução em todas as consolas. Ao invés de 1080/900p fixas, a resolução varia dependendo da carga.

Um olhar sobre a qualidade de imagem e performance na PS4 Pro, PS4 e Xbox One em Project Cars 2. A Slightly Mad utiliza um frame-buffer dinâmico e introduz suporte PS4 Pro, mantendo o alvo nos 60fps.

Baseado nas medições iniciais, temos entre 1080p e 864p na PS4, enquanto na Xbox One a resolução baixa maximiza a 972p (um pequeno aumento sobre a 900p do original), e desce para 864p quando o motor tem dificuldades. A qualidade de imagem não é tão consistente quanto a do primeiro, a qualidade sofre nas cenas mais exigentes, mas em corridas menos exigentes com 16 carros e bom tempo, o jogo é nítido nas duas consolas. A PS4 está ligeiramente mais refinada, mas a diferença é muito subtil.

A PS4 Pro também usa um esquema dinâmico, mas apresenta melhorias na performance e resolução sobre a PS4 base. As nossas medições indicam uma resolução de 1440p, que desce para 1360p nos momentos mais intensos, tais como corridas à chuva com 32 carros. É uma melhoria sobre a PS4 normal quando jogas num ecrã 4K, mas não o suficiente para passar como 4K nativa e a imagem convertida pode ter mau aspecto às vezes. Dependerá dos gostos, mas Project Cars 2 na PS4 Pro suporta downsampling, logo se jogas num ecrã a 1080p poderás ter algo melhor.

No que diz respeito à entrega de uma experiência 60fps, a PS4 Pro quase consegue 60fps fixos, quer jogues a 1080p ou 4K. Os rácios de fotogramas raramente se afastam do alvo e com a excepção de momentos com tempestades, com mais de 16 carros, o jogo aguenta-se a 60fps, fornecendo uma experiência suave e com boa resposta. Mesmo climas mais exigentes dificilmente afectam a performance. Existe uma grande quantidade de tearing no ecrã quando os carros estão juntos na grelha de partida, mas o rácio de fotogramas sofre apenas uma pequena queda e estes problemas desaparecem quando os carros se espalham. Distrai momentaneamente, mas os tempos de fotograma e alto rácio de fotogramas asseguram que o jogo tem uma boa sensação e um ritmo suave. Não são 60fps perfeitos, mas não está muito longe disso, entregando uma experiência largamente superior sobre a PS4 base e a Xbox One.

PlayStation 4 ProPlayStation 4Xbox One

O uso de fluídos dinâmicos é uma boa novidade, repara na forma como surgem poças de água em toda a pista quando chove.

PlayStation 4 ProPlayStation 4Xbox One

A neve adiciona maior dinamismo às corridas. Não só adiciona várias partículas ao ecrã como também muda a temperatura da superfície e afecta a condução.

PlayStation 4 ProPlayStation 4Xbox One

Todas as consolas utilizam uma resolução dinâmica. Em cenas menos exigentes, a PS4 apresenta uma vantagem sobre a Xbox One. Aqui temos 1080p na PS4 e 972p na Xbox One.

PlayStation 4 ProPlayStation 4Xbox One

Cenas exigentes mostram uma qualidade de imagem igual entre a PS4 base e a Xbox One, ambas correm a 864p nestes momentos.

PlayStation 4 ProPlayStation 4Xbox One

A PS4 Pro recebeu suporte para Project Cars 2, apresentado uma melhoria na resolução dinâmica, entre 1360p e 1440p. Está melhor do que na PS4 base, mas a qualidade de imagem não se aguenta muito bem num ecrã 4K.

Como esperado, nem a PS4 base e nem a Xbox One entregam um gameplay consistente a 60fps. A performance é variável dependendo das condições, do número de carros, clima e perspectiva. Apesar de uma boa parte do jogo correr no alvo desejado, ambas as consolas ficam longe dos 60fps em cenas exigentes, surgindo muito tearing e quedas para 40-50fps - por vezes abaixo disso na Xbox One. Chuva intensa é o que mais afecta a performance, a abundância de efeitos alpha na queda de água e salpicos de água leva as consolas aos limites. Nenhuma das duas está boa, a trepidação causada pela queda e fotogramas quebrados distrai.

Com apenas 16 carros na pista e com o clima limitado a enublado ou céus limpados as coisas melhoram imenso - especialmente na PS4, onde é possível chegar a 60fps estáveis. A performance apenas desce quando os carros de agrupam nas curvas, resultando em tearing e quedas curtas mas perceptíveis. De resto, as coisas aguentam-se bem, geralmente temos 60fps, mas a experiência fica aquém na Xbox One.

10 coisas que queremos em Destiny 2 10 coisas que queremos em Destiny 2

No geral, a sequela mostra claros progressos. A simulação por detrás do jogo é mais complexa do que no primeiro, mas a performance no geral é muito similar. Temos um impacto na consistência da qualidade de imagem em relação ao original, devido à resolução dinâmica, mas temos mais melhorias como clima melhorado e elementos atmosféricos mais complexos, que melhoram a experiência. De resto, se jogaste o primeiro, sabes o que terás em termos de performance.

É difícil evitar a sensação que quaisquer limitações se devem ao hardware nas actuais consolas, mas tens a opção para uma experiência mais consistente e mais impressionante em termos visuais - a PS4 Pro. Não tens uma grande apresentação 4K, mas em contra-partida tens uma experiência de jogo fluída - é a melhor forma de jogar Project Cars 2 nas consolas, por enquanto.

Publicidade

Comentários (34)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!