Eurogamer.pt

Mario Kart 8 Deluxe - Análise

A versão mais completa.

Pela primeira vez as personagens de Splatoon estão presentes em Mario Kart.

A Nintendo Switch não é apenas uma tentativa de expandir o conceito da Wii U, é uma forma de recuperar o catálogo de jogos que a consola deixou para trás e que muitos não tiveram a oportunidade de conhecer. Mario Kart 8 Deluxe é o exemplo perfeito desta mentalidade da Nintendo. O Mario Kart 8 original, lançado em 2014 para a Wii U, é o jogo de maior sucesso para a consola, com 8 milhões de unidades vendidas. Para contexto, a Wii U vendeu 13.5 milhões de unidades ao longo do seu ciclo, o que significa que mais de metade das pessoas que compraram uma Wii U também compraram Mario Kart 8. Com a Switch, surgiu uma nova oportunidade para expandir a audiência de Mario Kart 8, e eis que surge, cerca de um mês depois do lançamento da nova consola da Nintendo, a versão Deluxe.

Em primeiro lugar, quais são as diferenças da versão Deluxe? Esta nova versão para a Nintendo Switch inclui todos os DLCs lançados para a versão Wii U, cinco novas personagens - King Boo, Dry Bones, Bowser Jr, Inkling Boy e Inkling Girl - dois novos circuitos - Underpass e Battle Stadium - e um Battle Mode melhorado com mais opções. Há ainda três novos veículos, dois dos quais foram inspirados em Splatoon, e mais importante, agora podem ter dois itens em simultâneo. Por falar em itens, existem duas adições importadas dos Mario Kart anteriores: Boo e Feather. Portanto, Mario Kart 8 Deluxe é a edição mais completa do jogo, e como é um jogo para a Switch, existe ainda a vantagem da portabilidade, que na Wii U estava limitada à vossa residência.

Apesar dos conteúdos extra e pequenas melhorias face à versão original, a sensação de jogar não mudou. Mario Kart 8 Deluxe é jogo de corridas acessível, divertido e desafiante. A sua faceta arcade permite que qualquer pessoa consiga jogar sem grande dificuldade, mas conhecer bem as mecânicas, como o drifting para ganhar velocidade a sair das curvas e a utilidade dos diferentes itens, é essencial para triunfar contra jogadores mais competitivos. No entanto, nada disto é surpreendente. A fórmula de Mario Kart tem permanecido praticamente igual desde a sua origem, portanto, denotar que Mario Kart 8 Deluxe é divertido, principalmente quando jogado com companhia, é quase natural.

Existem conteúdos dos quais podem desfrutar sem companhia, como os campeonatos que vão até 200cc, mas a diversão de Mario Kart 8 sobressai com companhia. Neste momento, a versão da Switch tem uma limitação associada à própria consola. É possível convidar e jogar com pessoas na vossa lista de amigos, mas como ainda não existe um sistema de grupos como na PlayStation 4 e Xbox One, não é possível comunicar com as pessoas que convidaram. Ora, uma das coisas mais divertidas quando se joga em grupo é o convívio e, neste aspecto, Mario Kart 8 não consegue cumprir em pleno (assim como qualquer outro jogo da Switch enquanto a Nintendo não disponibilizar uma infra-estrutura online 100 porcento funcional). Por outro lado, ainda podem optar pelo método da velha guarda e jogar com pessoas lado-a-lado. Aqui os Joy-Con da Switch facilitam o acesso a dois jogadores, ainda que se tornem desconfortáveis se usados por longos períodos.

Mais sobre Mario Kart 8 Deluxe

Os campeonatos dividem-se entre quatro categorias - 50cc, 100cc, 150cc e, por último, 200cc. A cada categoria a velocidade das corridas é maior, mas a ideal parece ser a de 150cc. A categoria de 200cc dá uma maior sensação de velocidade, mas algumas pistas não estão preparadas para tanta velocidade, sendo muito fácil sair da pista nas curvas. A inteligência artificial é impiedosa, e pode parecer injusta, nas categorias mais elevadas. É comum estarmos em primeiro nas primeiras duas voltas e depois no fim sermos o alvo de itens que nos prejudicam e nos fazem perder várias posições antes da meta. Também podem desfrutar do Battle Modo a solo, embora, como já referimos em cima, a diversão esteja em jogar com outros jogadores. Apesar disto, os campeonatos são uma distracção razoável para quando não temos acesso a WiFi e não podemos jogar online.

No online existem diversas opções. Podem encontrar jogadores a nível mundial (de todos os países) ou regional (Europa). Em princípio, a primeira opção será melhor para encontrar uma maior diversidade de jogadores, mas por outro lado, o matchmaking regional deverá ser melhor reduzir a latência (encontramos alguma latência no matchmaking mundial, mas não arruinou a experiência). Também é possível jogar online com dois jogadores na mesma consola, uma mais valia se quiserem jogar lado-a-lado com outra pessoa. Podem ainda criar torneios online e formar grupos de jogadores, convidado amigos e/ou jogadores que encontrarem recentemente através do sistema de matchmaking. Uma diferença, face à versão original de Mario Kart 8, é a possibilidade de alterar as peças do vosso veículo enquanto esperem pelo início da partida.

"Mario Kart 8 Deluxe é um pacote que tem muitas horas de diversão para oferecer"

Para além da adição de conteúdos, a versão Switch corre a 1080p / 60 fps por segundo no modo TV, um aumento face à resolução de 720p da versão original para a Wii U. Naturalmente, no modo portátil a resolução desce para 720p. Em qualquer um destes modos Mario Kart 8 Deluxe permanece um jogo visualmente apelativo, com cores vibrantes e com uma jogabilidade muito fluída. No modo televisão o jogo retém uma boa apresentação, mas nota-se a falta de efeitos visuais mais avançados. Gostaríamos também que esta versão tivesse a adição de efeitos meteorológicos, como chuva, nevoeiro e tempestades. Ainda assim, tendo em conta que a Switch é uma consola portátil, o resultado que a Nintendo conseguiu alcançar é impressionante. Com esta versão Switch conseguem desfrutar em qualquer lado de um jogo que, em 2014, apenas podiam jogar em casa.

Apesar de não ter muitos argumentos para quem jogou a versão original, a não ser o factor da portatibilidade, Mario Kart 8 Deluxe é um pacote que tem muitas horas de diversão para oferecer e uma excelente opção se estão à procura de um jogo divertido para múltiplas pessoas. A personalização de veículos, que altera parâmetros como a velocidade, aceleração, tracção e outras coisas, dá alguma profundidade às corridas, assegurando que o jogo não é demasiado simples. A Nintendo poderia ter sido mais arrojada nesta versão, adicionando, por exemplo, um editor de pistas, que dava ao jogo uma longevidade praticamente infinita, no entanto, os conteúdos que esta versão Deluxe oferece são satisfatórios o suficiente para recomendar o jogo aos donos de uma Nintendo Switch.

Mario Kart 8 Deluxe - Análise Jorge Loureiro A versão mais completa. 2017-04-28T15:26:00+01:00 4 5
Publicidade

Comentários (19)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!