Eurogamer.pt

PewDiePie em sarilhos depois de vídeos de anti-semitismo

Google retirou a publicidade premium do seu canal e Disney cortou relações com o Youtuber.

PewDiePie, que tem o canal do Youtube com o maior número de subscritores, está em sarilhos.

Depois de publicar vários vídeos de antissemitismo (que supostamente eram humor negro), a Google retirou o seu canal do Google Prefered, um programa de publicidade para vídeos seguros para as marcas. A Google também cancelou a segunda temporada da série "Scare PewDiePie", que faz parte do Youtube Red.

A decisão da Google vem horas depois da Disney ter anunciado que cortou relações com o Youtuber pela mesma razão. Os vídeos com mensagens de anti-semitismo começaram a 11 de Janeiro. Num vídeo chamado "I've Discovered The Greatest Thing Online", PewDiePie usou o site Fiverr para pagar a dois indivíduos para fazerem um vídeo com a mensagem "Death to All Jews" (morte a todos os judeus).

a

A mesma mensagem apareceu em vídeos posteriores no canal de PewDiePie, no entanto, a maioria dos vídeos foi apagado, embora o primeiro vídeo continue acessível. A Google esclareceu que não apagou nenhum dos vídeos, portanto, devem ter sido apagados por PewDiePie e pela sua equipa depois das consequências.

O canal de PewDiePie tem neste momento mais de 53 milhões de subscritores.

Publicidade

Comentários (61)

Criar uma nova conta

OU

  • A carregar...