Fun! Fun! Mini Golf Touch! - Análise

Golfe em campos apertados.

Até há pouco tempo os proprietários de uma 3DS tinham como principal proposta em matéria de golfe, dentro dos conteúdos disponíveis para a eShop, o Let's Golf , oriundo da Gameloft. Produtora conhecida sobretudo por editar conteúdos dos mais diversos géneros para plataformas móveis e telemóveis inteligentes, encontra na germânica Shin'en Multimédia uma rival está disposta a oferecer um novo jogo de golfe, mais precisamente um conteúdo alternativo aos amantes dos tapetes verdes e ar fresco. Fun! Fun! Mini Golf Touch! dá entrada na eShop quatro anos depois de ter estreado na plataforma virtual Wiiware da Nintendo Wii.

Nessa altura o jogo captou atenção em boa parte pela muito competente construção visual. A isso juntou-se uma componente jogável aliciante e bastante acessível por força das regras do mini golf que implicam a substituição de grandes campos e golfe por secções mais pequenas, mas nem por isso destituídas de desafio. Nestes pequenos campos de gole a Shin'en colocou inúmeros obstáculos, de modo a que cada mini campo seja diferente do anterior e obrigue o jogador a pensar em tabelas, força na tacada, ângulo de batida na bola. Tudo para tornar a experiência mais estimulante. E se é verdade que Mini Golf Touch! é um jogo divertido e bastante acessível, também revela significativas limitações, quer em conteúdo, quem em regras que se apenas se destinam a aumentar a dificuldade.

Assim que entrarem no jogo terão de criar a vossa personagem, escolhendo roupa como calças, sapatos e camisolas, definindo o padrão e a cor. As opções mesmo não sendo abundantes satisfazem e mais à frente terão oportunidade para personalizar os tacos, escolher uma bola especial, jogar com o vosso Mii, entre outras coisas disponíveis na loja. Para comprarem isso, assim como bilhetes para outros torneios, terão de gastar moedas.

No princípio do jogo têm apenas uma taça desbloqueada e mais fácil, que é a América Cup. Viajarão depois para a Ásia e Europa, em desafios progressivamente ajustados em dificuldade, mas para lá chegarem terão de comprar bilhetes na loja respectiva. Cada taça é composta por nove buracos e fazendo a melhor pontuação possível mais dinheiro obtêm, o que permite comprar mais coisas e assim personalizar o jogo usando melodias 8 bits.

Fun Fun Minigolf Touch Trailer 3DS

Para lá das taças tradicionais poderão ainda aceder a versões Profissionais (Pro) e Super dos mesmos destinos. Trata-se com efeito de versões muito semelhantes da primeira ronda de taças, já que o layout é muito igual em termos de buracos, mudando os obstáculos e a colocação dos buracos. Não são na verdade campos novos, mas apenas variações dos buracos anteriormente apresentados. Apesar desse aproveitamento, a forma como se encontram organizados promove novos desafios e a sensação que ficam quando experimentam estas taças mais avançadas é de um desafio mais elevado que vos obriga a pensar em estratégias para a melhor pontuação.

Em termos de controlos a grande novidade nesta adaptação para a 3DS é o uso da stylus como ferramenta de controlo da direcção da pancada. Este sistema revela, no entanto, algumas imprecisões, que podem ser superadas se usarem o botão analógico. Sendo bem mais eficaz, conseguem definir melhor a trajectória, bastando depois definir a intensidade da pancada recorrendo a uma barra, antes de definirem que efeito querem utilizar. Aqui tanto podem acertar em cheio na bola ou imprimir mais intensidade numa das suas laterais para conseguirem trajectórias especiais.

O desenho fechado e ziguezagueante dos pequenos campos implica que tenham de jogar constantemente com as tabelas. Podendo não conseguir enfiar a bola directamente no buraco à primeira tacada, deverão deixar a bola dentro de uma zona fronteira próxima do buraco. Se não o fizerem ficam "out-of-bounds" e voltam a repetir a pancada. Terão uma mão cheia de oportunidades até conseguirem, mas se não forem capazes de colocar essa bola dentro da área mínima passarão ao buraco seguinte sem pontuação do buraco anterior. É uma regra um pouco frustrante, tanto mais que alguns campos apresentam uma configuração que fica muito dependente das tabelas. Não terá sido a melhor forma de garantir um desafio equilibrado e por isso alguns buracos implicam muitas tentativas e erros até descobrirem a tabela perfeita.

Alguns sentir-se-ão tentados a repetir os buracos mais fáceis para obter moedas, mas é através das taças mais avançadas que conseguirão obter os melhores prémios monetários. Podem sempre recorrer aos "Trick Shot courses" para obter moedas extra, mas aqui o jogo com as tabelas será uma constante, o que acaba por mais parecer um jogo de bilhar do que propriamente de golfe.

Em termos visuais, Mini Golf Touch não é das opções mais deslumbrantes, embora se encontre num ponto competente e minimamente ajustado ao desporto, dentro de um "gameplay" bastante fluido. Falta de resto mais alguma chama e brilho às personagens, que de um modo geral parecem apagadas, em contraste com os fundos e cenários pormenorizados e vivos. Outra limitação do jogo é a ausência de modos de jogo para um ou mais jogadores. Isto acaba por encurtar o conteúdo e a longevidade, uma vez que ao fim de poucas horas terão percorrido tudo. Ainda assim é uma proposta divertida e entusiasmante, podendo ser aproveitada em curtos espaços de tempo. Parece-nos que a Shin'en podia ter dedicado mais algum empenho para oferecer outros modos de jogo. Mas atendendo ao seu preço reduzido e acessibilidade, considerem.

6 / 10

Lê o nosso Sistema de Pontuação Fun! Fun! Mini Golf Touch! - Análise Vítor Alexandre Golfe em campos apertados. 2012-03-19T15:46:00+00:00 6 10

Comentários

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!