Inazuma Eleven

Futebol fantástico!

Originalmente lançado para a Nintendo DS no Japão, o primeiro jogo da série Inazuma Eleven chega finalmente ao continente europeu e a Portugal. É mais uma obra com o selo da Level 5 cuja colaboração com a Nintendo para a consola portátil tem resultado num conjunto de produtos bem sucedidos junto dos adeptos e da crítica.

Estamos assim perante uma nova entrada e que será muito especial para os amantes do futebol. Mas convém pôr um travão à ideia de encontrar aqui uma espécie de International Superstar Soccer. Em bom rigor Inazuma Eleven inspira-se no mundo do futebol, mais precisamente nas competições e torneios de futebol entre escolas para o moldar ao formato role play, sendo que o resultado desta conjugação de elementos resulta numa experiência particularmente atraente e que gera um forte apelo pelas mecânicas emergentes, como batalhas, treino, controlo dos jogadores nas partidas de futebol, efectuar level up, definir as equipas, operar substituições.

Desde formar um conjunto de jogadores a trabalhar com dados estatísticos e efectuar uma preparação para os jogos decisivos, é decisivo ganhar batalhas e fazer subir os jogadores de nível. Depois há todo um design de fantasia a jorrar pelos ecrãs, nas finalizações e remates especiais plenos de efeitos e estilo que ajudam a perpassar pela memoria o melhor de séries como Captain Tsubasa. As sequências animadas são já um óptimo cartão de visita e oferta da casa, da level 5.

No que toca à narrativa, o jogador irá começar por recuperar uma equipa destroçada e inapta para jogar futebol. Caberá a Mark Evans, um destemido guarda-redes muito preocupado com a ausência de espírito combativo na equipa devolver a chama vencedora. Inspirando-se na antiga equipa do Inazuma Eleven (onde o seu avô militou) e nalguns manuais que revelam as práticas para o bom futebol, fintas e remates do outro mundo, ele irá motivar os colegas que aceitem o desafio e ainda recrutar novos reforços para a equipa de Raimon. Competir em batalhas rápidas e treinar com outras formações será o passo seguinte antes de partir à conquista do torneio.

1

Mark acredita que com mais experiência será o melhor guarda-redes do torneio.

Inazuma Eleven pede muito ao conceito de role-play e por se encostar muito à narrativa é certo que irão percorrer muitos diálogos e muita exploração por diferentes zonas (o liceu é apenas um ponto de partida). Esta orientação para o "chit-chat" poderá não ser do agrado de todos, especialmente quando há um desafio de futebol que não corre da melhor forma e precisam de continuar após a gravação. Assim, terão não apenas de voltar a passar o desafio como percorrer novamente os diálogos obrigatórios durante o jogo. Típico na Level 5, mas nada que surpreenda para os fãs do role play. Os novatos seduzidos pelo jogo em função do apelo causado pelo futebol terão de aceitar o desafio nestes moldes.

Este é um jogo que começa em lume brando e que demora o seu tempo até deixar o jogador totalmente confortável e adaptado ao volume apreciável de informação e dados a gerir. Por outro lado, há que contar com uma curva progressiva de adaptação às partidas de futebol. Os combates, ou melhor, pequenos desafios de futebol, obedecem a um conjunto de regras específicas e exigem algum tempo de adaptação até se dar a melhor utilização à stylus e se conseguirem os resultados desejados para melhorar a equipa e progredir na história.

A orientação para o coleccionismo é outra tendência muito forte do jogo, num prolongamento que permite ao jogador avaliar muitos atletas que irá encontrar ao longo do torneio e contratá-los para a equipa, roubando-os às equipas adversárias. Alguns mais ou menos capacitados para o futebol, mas no final e perante o desgaste dos jogadores após uma partida de onze contra onze, é essencial ter um banco repleto de boas alternativas aos jogadores titulares. O carisma da equipa tende a repartir-se por todos.

Comentários (12)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!