Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Zelda: Tears of the Kingdom foi adiado para 2023 para maior polimento

O plano era lançar o jogo em 2022.

O senhor Eiji Aonuma, produtor da série The Legend of Zelda, confirmou que Zelda: Tears of the Kingdom estava planeado para 2022, mas decidiram adiá-lo para o polir até alcançar um patamar de qualidade com o qual ficaram satisfeitos.

Em conversa com o The Washington Post, o senhor Aonuma revelou que o plano era mesmo lançar Zelda: Tears of the Kingdom em 2022 e quando anunciaram o adiamento, em março de 2022, foi para ter a certeza que não tomariam concessões a respeito da qualidade geral e polimento da experiência.

Perante a enorme escala desta colossal experiência, com as novas ilhas mo céu e o subsolo, sem esquecer as novas habilidades que permitem novas mecânicas gameplay como construções loucas, adiar o jogo foi provavelmente a melhor decisão que a Nintendo podia tomar.

Tendo em conta o atual estado da indústria, com jogos lançados com problemas e corrigidos através de várias atualizações, é bom ver que algumas companhias preferem dar mais tempo às equipas para produzirem o jogo com o maior nível de polimento.

Zelda: Tears of the Kingdom está disponível para a Nintendo Switch e já se tornou num colosso, com mais de 10 milhões de unidades vendidas em 3 dias.

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article
Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários