Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Yoko Taro pensou que a série Nier estava morta

Foi Yosuke Saito quem a ressuscitou.

NieR: Automata será para muitos um dos grandes jogos de 2017 e graças ao jogo da Platinum Games, desenvolvido em conjunto com a Square Enix, o nome de Yoko Taro ficou muito mais célebre.

No entanto, ao contrário do que muitos podem imaginar, foi Yosuke Saito o principal responsável pelo regresso da série, considerada morta até pelo próprio criador, Yoko Taro.

Em entrevista com a Game Informer, Taro relembrou o início do projecto e como não acreditava que Nier seria capaz de gerar interesse entre a editora ou os consumidores.

"Após lançar Drakengard 3, penso que todos estavam enjoados de todos os meus jogos, não queria mesmo trabalhar mais. Pensei em talvez esconder-me nas montanhas e viver o resto da minha vida como um ermita ou algo assim," disse Taro.

"Acontece que nessa altura, o senhor Yosuke Saito, que obviamente estava um pouco cansado depois do seu trabalho em Dragon Quest e não estava a pensar direito, decidiu dar-me mais uma oportunidade com algo como Nier. Foi por isso que viste um novo Nier; nem sei como aconteceu."

Yoko Taro disse ainda que ficou surpreendido com a resposta dos fãs e pelo sucesso alcançado por Automata, algo que o apanhou totalmente desprevenido.

"Da minha perspectiva e da perspectiva dos fãs, penso que todos pensaram que Nier era uma PI praticamente morta naquela altura, por isso fiquei muito surpreendido quando começaram a falar em desenvolver outro."

"Pensei que seria interessante quando ouvi que a Platinum iria desenvolver outro. Não pensei que tivesse sucesso, pensei que seria um jogo muito de nicho. Mas não, havia potencial ali. Olhando para trás, penso que o tipo de jogos que a Platinum faz são para os fanáticos dos jogos de acção e é uma área muito reservada, mas parece um excelente par para o tipo de mundos muito geek que a Square Enix faz."

NieR: Automata foi lançado no PC e PS4 em Março de 2017.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários