Skip to main content

Xbox é a primeira consola com informação sobre consumo de energia dos jogos

343 de Halo foi a primeira a usar o Toolkit.

Nos últimos tempos temos recebido muita informação sobre a preocupação da Microsoft com o ambiente, com a implementação de medidas para reduzir o consumo de energia das suas consolas Xbox, e agora é dado mais um passo nesse sentido.

Foi através de um post no Xbox Wire, após um anúncio na GDC, onde a Microsoft admitiu que a maior parte da pegada de emissões de gases com efeito de estufa da Xbox está relacionada com a energia gasta quando se joga.

A Microsoft trabalhou para criar ferramentas que ajudassem os produtores de videojogos em monitorizar os gastos de energia dos seus jogos em tempo real, para dessa forma poderem fazer alterações no sentido de reduzir o consumo de energia dos seus jogos.

Pode-se ler no post de Trista Patterson (diretor de sustentabilidade da Xbox) no Xbox Wire de Trista Patterson:

"A equipa Xbox ouviu, e estamos agora a capacitar os criadores de jogos, fornecendo ferramentas de desenvolvimento, dados globais sobre energia e emissões, e conhecimentos de dados específicos sobre o título ou dados específicos ao estúdio que permitirão estabelecer uma correlação com a Inovação."

" A Xbox Developer Sustainability Toolkit inclui sistemas analíticos e visuais, ferramentas de medição, e recursos para ajudar os criadores a tomar decisões informadas sobre o consumo de energia e as emissões de carbono, associadas aos seus designs de jogo. O kit de ferramentas ajuda os criadores a aproveitar o feedback da engenharia de precisão para ajudar a identificar e reduzir o consumo de energia em cenários em que um jogador não precisa dela, assegurando assim que a experiência do jogador não seja afetada negativamente".

Tanto a Ubisoft como a 343 já estão a utilizar esta ferramenta (Xbox Developer Sustainability Toolkit), sendo a produtora de Halo a primeira a implementar alterações durante o processo de desenvolvimento, com a finalidade de reduzir o consumo de energia.

Lê também