Skip to main content

Watch Dogs era para ser um jogo de condução

Equipa teve a licença Driver em mãos.

Laurent Detoc, presidente da Ubisoft America, revelou que o promissor Watch Dogs era para ser um jogo de condução que acabou por ser cancelado por não cumprir com as expectativas.

Em entrevista com o IGN, Detoc explicou que, "Watch Dogs não começou como Watch Dogs. A nossa equipa esteve a trabalhar num motor gráfico de condução, e tínhamos a licença de Driver. Mas isso foi há uns anos atrás. Pensámos 'não, este não é o caminho que queremos seguir para um jogo de condução', e acabámos por cancelá-lo e começámos de novo."

"O projeto Watch Dogs inicialmente foi outro jogo. E a uma determinada altura o projeto mudou. Foi há uns 3 anos, quando o projeto Watch Dogs reutilizou alguns dos elementos criados para o motor gráfico de condução," contou ele.

Detoc garantiu que o projeto cancelado não se tratava de um novo jogo da série Driver, apesar da equipa ter em mãos a licença da série. Principalmente porque as mecânicas jogáveis não se encaixavam no conceito de Driver.

"A decisão foi tomada porque naquele momento havia outro jogo de condução em desenvolvimento e o nosso devia ser um título de mundo aberto em que um tipo saía do seu carro para fazer outras coisas," revelou ele. "A equipa decidiu então reagrupar-se toda. Entraram algumas pessoas novas, apostámos num novo diretor criativo, e começámos a desenvolver um jogo novo."

Lê também