Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Vince Zampella diz que DICE foi muito ambiciosa em Battlefield 2042

Aponta 128 jogadores como um ponto crítico.

Numa recente entrevista ao Barrons, obrigado VGC, Vince Zampella da Electronic Arts fez algumas considerações sobre Battlefield 2042 e o fracasso que foi na altura do seu lançamento.

Ele identifica pontos críticos para que a experiencia de jogo não fosse a mais satisfatória no lançamento, como o facto da subida do numero de jogadores no campo de batalha, 128. Nas últimas atualização já tivemos a redução desse numero, como em Breakthrough que passou a ser de 64 jogadores.

"Penso que se afastaram um pouco demais do que é o Battlefield. Tentaram fazer um par de coisas que talvez fossem ambiciosas: aumentar o número de jogadores, etc. Acho que não passaram tempo suficiente a fazer iterações sobre o que torna isso divertido".

Apesar de tudo ele não pensa que os 128 jogadores seja uma má ideia, apenas que não encontraram a melhor forma de implementar esse enorme salto na contagem de jogadores nos modos de jogos.

"Não é inerentemente uma má ideia. A forma como foram montados e a forma como executaram não lhes permitiu encontrar a melhor maneira possível".

Outra modificação que tantos jogadores pediram também vais ser implementada numa futura atualização, com a terceira Temporada, a transição dos Especialistas para as mais tradicionais Classes.

A DICE tem vindo a fazer modificações neste longos meses após o lançamento de Battlefield 2042, modificações que sobre as ordens de Vince Zampella, que tomou as rédeas da franquia no final de 2021.

Sobre o Autor
Adolfo Soares avatar

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Comentários