Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Vendas digitais mais perto das físicas

Nos EUA em breve podem ultrapassá-las.

De acordo com um relatório publicado pelo NPD Group, organismo que analisa o mercado norte-americano, as formas de rentabilidade alternativa à venda de jogos em suporte físico (que inclui as vendas digitais, e também o aluguer e as vendas em segunda mão) já ultrapassaram a vendas de jogos nas lojas.

Este impulso deve-se principalmente ao crescimento das vendas digitais e ao crescimento limitado das vendas tradicionais durante o segundo trimestre do ano fiscal, atingindo os 4.200 milhões de dólares ao ter em conta também a venda de consolas e periféricos.

Esta é a primeira vez que o dinheiro gerado na indústria de videojogos pela venda de jogos nas lojas de distribuição física é ultrapassado pelos outros modelos de negócio, que incluem o aluguer, as vendas em segunda mão e as vendas digitais.

As vendas de jogos nas lojas físicas tiveram um valor de 1.440 milhões de dólares, enquanto que as dos outros sectores acumularam 1.740 milhões de dólares. Infelizmente o NPD Group não revelou os números para sabermos que percentagem corresponde exatamente a cada modelo de negócio.

De qualquer forma as previsões de crescimento parecem favorecer as vendas digitais, sobretudo devido ao sucesso das plataformas de distribuição digital e aos sistemas cada vez mais orientados para a aquisição de software online.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários