Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Utilizadores incorrectos expulsos do Xbox Live

Mais de um milhão na última vaga.

A Microsoft continua a ser irredutível e implacável para os utilizadores que modificam as suas consolas para poderem jogar cópias pirata e muitas vezes desfrutarem de jogos ainda não chegados ao mercado.

Sem um avanço por parte da Microsoft relativo número de utilizadores banidos, escreve o Guardian que o número de utilizadores atingidos oscila entre os 600 mil e um milhão. Refira-se que até Maio do presente ano a Microsoft contava com cerca de 20 milhões de utilizadores espalhados por 26 países.

A notícia avançada pelo Guardian dá conta que a recente vaga de expulsões do serviço faz parte de um plano anual da empresa por forma a travar a tendência para os utilizadores modificarem as suas consolas a fim de recorrerem à pirataria e à importação. Com esta vaga a Microsoft impede os utilizadores de acederem a seu serviço de rede, mas as máquinas não deixam de funcionar.

A Microsoft já emitiu um sucinto comunicado, segundo o qual "todos os consumidores ficam a saber que a pirataria é ilegal e que modificar as consolas 360 para jogar discos piratas viola os termos de utilização do Xbox Live, quebra a garantia e implica uma expulsão do Xbox Live".

Marcado com

Sobre o Autor

Vítor Alexandre avatar

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes