Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Ubisoft fala sobre a resolução de Watch Dogs nas consolas da nova geração

O mais importante é oferecer uma experiência next-gen espectacular.

Jonathan Morin, o principal responsável pelo desenvolvimento de Watch Dogs, falou no blog oficial da Ubisoft sobre a polémica resolução do jogo quer na PS4 quer na Xbox One.

Apesar de alguns jogos oferecerem uma resolução nativa de 1080p, Morin contou que o mais importante é oferecer uma experiência next-gen espectacular.

"A resolução é um número, tal como a frame-rate é um número. Todos esses números são aspectos válidos na produção de jogos," disse ele. "Mas fazes escolhas sobre a experiência que queres oferecer. No nosso caso, o dinamismo é tudo. A exploração e a expressão são tudo. Tu queres uma taxa de imagens por segundo estável, mas também queres dinamismo na experiência. O mesmo acontece com a resolução. Por exemplo, as pessoas tendem a olhar para shooters em corredores, onde existe um corredor e todos os efeitos estão lá e são inacreditáveis, e esquecem-se de que se aplicares esses efeitos numa cidade aberta com pessoas em redor, com potenciais acidentes com automóveis e malta a surgir no multijogador sem avisar, o mesmo efeito é aplicado a muitos elementos dinâmicos que estão a acontecer em cada fotograma. E isso tem um custo que vai aumentando."

Perante a questão do porquê de não terem aumentado a resolução durante o adiamento do jogo, Morin explicou que esse nunca foi o objectivo da equipa. O tempo extra serviu para garantir que a equipa conseguia concretizar em toda a sua plenitude a visão que tinham para Watch Dogs, polindo todos os aspectos da jogabilidade e tendo a certeza que o hacking estaria totalmente integrado em todos os sistemas.

"O esforço foi dividido entre continuar o dinamismo do jogo e garantirmos de que os jogadores podiam expressar-se através do hacking sem ficarem decepcionados na forma como o jogo responderia a eles, quer fosse visualmente ou através da experiência jogável," disse Morin.

"Isso é que é importante. A resolução não tem nada a ver com isso. É por isso que a resolução pode ser um pouco reduzida e não comprometer a alma de Watch Dogs," concluiu.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários