Skip to main content

Twitter ameaça processar a Meta devido à Threads

Uma cópia criada com a ajuda de ex-funcionários, acusa.

Em menos de 24 horas, a nova rede social Threads, criada pela Meta, dona da Instagram e Facebook, registou mais de 50 milhões de contas criadas e isto motivou Elon Musk a ameaçar com um processo legal por alegada cópia de propriedade intelectual.

Numa carta enviada por Alex Spiro, advogado de Musk e da Twitter, a Mark Zuckerberg, diretor executivo da Meta, é feita a acusação que a nova rede social Threads foi criada com a ajuda de ex-funcionários da Twitter com conhecimentos do funcionamento interno e com propriedade intelectual da Twitter.

Além disto, é alegado que muitos destes ex-funcionários ainda têm acesso a segredos da Twitter e informações confidenciais, algo do qual a Metal é acusada de tirar proveito para criar uma cópia da rede social Twitter.

Spiro pede à Meta para travar de imediato o uso de segredos da Twitter e ameaça com um processo legal, o que já mereceu uma resposta da Meta.

De acordo com o TheVerge, Andy Stone, diretor de comunicações da Threads, diz que "ninguém na equipa de engenharia da Threads é ex-funcionário da Twitter, isso simplesmente não é verdade."

Musk comentou recentemente que é bom ter concorrência, mas fazer batota não é aceitável e por isso mesmo ameaça com ação legal.

Lê também