Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Transmissões de videojogos registaram queda até 62%

Facebook Gaming foi a que registou maior queda.

À semelhança do que está a acontecer em praticamente toda a indústria, também nas transmissões de conteúdos relacionados com videojogos foi registada uma queda, especialmente acentuada no número de horas passadas a assistir.

De acordo com o novo relatório da Streamlabs e Stream Hatchet, obrigado ao Engadget, o número de horas passadas a assistir a transmissões de videojogos na Twitch, Youtube Gaming e Facebook Gaming desceu 62% em 2022, quando comparado com 2021.

Entre abril e junho de 2022, foram somadas 273 milhões de horas a transmitir conteúdo gaming nestas plataformas, queda de 19.4% sobre o mesmo período em 2021 e de 12% comparado com janeiro e março de 2022. O número de horas passadas a assistir registou uma queda similar, 18.1% sobre 2021.

A Twitch continua a ser maior plataforma, com 76.7% do mercado e 204.2 milhões de horas a transmitir conteúdo de videojogos, mas enquanto o número de horas e canais que transmitem conteúdo de videojogos cai, a categoria Just Chatting continua a crescer e ultrapassa colossos como GTA 5 e League of Legends.

Na YouTube Gaming, a queda foi de 13.1% no número de horas passadas a assistir a conteúdo relacionado com videojogos e o número total de horas passadas a transmitir desceu 9.6% sobre o ano anterior.

A Facebook Gaming sofreu a maior queda, 51% no número de horas a assistir e 62% no número de horas a transmitir.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes