Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

The Last of Us estava à frente do seu tempo e a Sony quis uma versão definitiva

É esse o propósito do remake.

The Last of Us Parte 1 é o remake PlayStation 5 e PC de um memorável título lançado pela PlayStation para a PS3 em 2013, um trabalho da Naughty Dog que estava à frente do seu tempo, acredita Hermen Hulst.

O presidente da PlayStation Studios falou com o Axios Gaming e diz que o jogo lançado em 2013, que recebeu versão melhorada na PS4 um ano depois, estava à frente do seu tempo e a Sony quis ter uma versão definitiva com tecnologia moderna para mostrar o quão avançado foi para altura.

Segundo Hulst, The Last of Us "estava um pouco à frente do seu tempo em termos da visão criativa, perante as limitações da tecnologia da altura." O desejo do remake foi apresentar uma versão definitiva e que a série da HBO não foi a única razão para a existência do remake.

"Obviamente, se conseguires coincidir isso, é o Santo Graal," disse Hulst sobre a altura escolhida para o lançamento, mas diz que a série nem sequer foi a principal razão para a chegada desta nova versão.

O remake deste The Last of Us deu muito que falar devido ao projeto em si e o preço pedido, mas conseguiu figurar entre os 3 jogos mais vendidos na PlayStation Store em setembro, o seu mês de lançamento.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários