Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Techland torna-se numa editora de jogos

Vai investir e apoiar jogos que arriscam.

A Techland, conhecida por ter criado Dying Light, anunciou que se tornou numa editora de jogos. Qual é o significado disto?

Normalmente, existem sempre duas partes envolvidas em lançar um jogo. Primeiro temos o estúdio, que desenvolve o jogo, e depois uma editora, que trata de promover o jogo e de enviá-lo para as lojas. A partir de agora a Techland fará estas duas coisas.

"Depois das campanhas promocionais de Dying Light e Dying Light: The Following, conduzidas pela nossa equipa dedicada, acreditámos que é a altura perfeita para usarmos tudo o que aprendemos para ajudar outras produtoras."

"Acreditámos numa filosofia flexível e aberta de publicação, com base no respeito aos jogadores. Vamos encorajar e apoiar financeiramente os produtores ao investir em jogos que arriscam, não-convencionais e com um grande valor de entretenimento."

O plano da Techland como editora é publicar anualmente dois grandes jogos e quatro jogos em formato digital, todavia, para já não anunciou nenhum jogo debaixo da sua alçada.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários