Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Super Smash Bros. Ultimate acusado de racismo

Tudo por causa de Mr. Game & Watch.

Já não é novidade nenhuma que, nos dias que correm, as pessoas ficam facilmente ofendidas. E os videojogos não escapam a esta mentalidade, sendo a mais recente vítima Super Smash Bros. Ultimate, o exclusivo Nintendo Switch.

Qual a razão? Ao que tudo indica, o jogo contém algumas animações racistas sendo que uma das personagens do jogo - Mr. Game & Watch - possui um ataque onde usa um chapéu índio e utiliza fogo para lidar com os inimigos.

Para quem não está familiarizado, o ataque citado acima é uma referência ao jogo de 1982 Fire Attack, que consistia num "conflito" entre os chefes Nativos Americanos e um Game & Watch cowboy que tinha de defender um forte.

Esta situação levou muitos utilizadores da Internet a expressarem o seu desagrado, afirmando que se trata de um estereótipo racista.

A Nintendo ainda não se pronunciou sobre o assunto mas é provável que o chapéu índio seja removido e que o nativo americano seja convertido num bandido.

Qual a tua opinião sobre esta situação? Achas que o desagrado dos utilizadores possui algum fundamento?

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article

Super Smash Bros.

Nintendo Switch

Related topics
Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários