Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Suicide Squad: Kill the Justice League anunciado para a PS5, Xbox Series X e PC

Será lançado em 2022.

A Warner Bros. Interactive Entertainment e a Rocksteady Studios apresentaram finalmente o primeiro teaser e detalhe sobre o seu próximo jogo, chamado Suicide Squad: Kill the Justice League.

Agendado para 2022 e com lançamento confirmado na Playstation 5, Xbox Series X e PC, Suicide Squad: Kill the Justice League mostrará como a Rocksteady consegue combinar uma narrativa apelativa e gameplay divertido, informa a Warner Bros., que está confiante neste jogo que apresentará um forte foco na narrativa.

A Rocksteady diz mesmo que "Suicide Squad é um novo shooter de acção e aventura que romperá género" que pode ser jogado a solo ou em modo cooperativo online com até 4 jogadores numa equipa. Este Suicide Squad: Kill the Justice League permitirá jogar com Harley Quinn, Deadshot, Captain Boomerang e King Shark numa Metropolis que se tornará no teu mundo aberto para salvar a Terra e matar a Liga da Justiça.

Estas personagens não são conhecidas por seguirem as regras e defenderem o bem, mas os explosivos implantados nas suas cabeças asseguram que não têm alternativa e terão de cumprir esta missão a mando de Amanda Waller.

Suicide Squad: Kill the Justice League permitirá jogar a solo e alternar entre os 4 personagens a qualquer momento, mas também poderás jogar em cooperativo. Apresentará diversas habilidades especiais e cada personagem terá o seu conjunto de movimentos e golpes.

A Rocksteady diz ainda que cada um terá habilidades para usar na exploração livre do mundo aberto dinâmico em que Metropolis se tornou e cada uma destas personagens terá armas e skills que podes subir de nível.

Em baixo podes ver o trailer de apresentação e ficar com uma pequena ideia do que Suicide Squad: Kill the Justice League promete.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários