Skip to main content

Street Fighter 6 acima dos 10 milhões de unidades vendidas é o desejo da Capcom

Esperam ver a série crescer em popularidade.

Após vários lançamentos de grande qualidade, a Capcom voltou ao seu estado de graça e recebe imensos elogios a cada título que coloca nas lojas, algo que conseguiu manter com o remake de Resident Evil 4 e espera dar continuidade com Street Fighter 6.

O entusiasmo em torno de Street Fighter 6 é mais do que muito e o seu potencial imenso, o que leva a equipa na Capcom a acreditar que conseguirá eventualmente vender mais do que Street fighter 5 e chegar aos 10 milhões de unidades vendidas, com a ajuda de todas as plataformas onde será lançado.

Haruhiro Tsujimoto, um dos diretores do jogo, falou com a Famitsu e questionado sobre esta atualidade em que lançar o jogo é apenas o início (os títulos são apoiados com conteúdos extra e descontos no preço para vender mais unidades a médio e longo prazo), confessou que espera vender mais de 10 milhões de unidades do seu próximo jogo.

Numa era em que 80% dos jogos vendidos pela Capcom são versões digitais, Tsujimoto disse que já não estão limitados pela quantidade de unidades físicas que conseguem produzir e que os títulos digitais são comprados, em muitos casos, mesmo três anos ou mais após o lançamento.

"Street Fighter 5 vendeu mais de 7 milhões de unidades, se aplicarmos aqui a regra do digital, talvez sejamos capazes de apontar para os 10 milhões de unidades para Street Fighter 6."

O novo jogo de luta da Capcom chegará a 2 de junho para a PlayStation 5, Xbox Series, PS4 e PC, com funcionalidades como cross-play para conectar toda a comunidade.

Após isso, receberá novos conteúdos como lutadores extra ao longo dos 12 meses seguintes. Isto servirá para manter os jogadores ativos e atentos às novidades, mas certamente também servirá para associar a cortes no preço e tornar o jogo interessante para mais jogadores.

Lê também