Skip to main content
Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Stellar Blade não foi censurado, assegura o diretor

"Só porque um fato é vulgar, não significa que é bom".

Stellar Blade chegou à PlayStation 5 no final de abril e durante as primeiras semanas, a principal discussão em torno do jogo centrou-se na alegada censura, que muitos associam à Sony, mas o diretor do jogo assegura que os designs presentes no jogo são o desejo da equipa.

Kim Hyeong-tae conversou com o coreano Gameabout, obrigado PushSquare, sobre Stellar Blade e foi questionado sobre a conspiração em torno da alegada censura implementada com a atualização de lançamento. Na sua resposta, Kim diz que um fato não se torna bom só porque é vulgar.

Kim diz que a atualização de lançamento inclui os ajustes finais aos fatos, tal como desejado pela equipa pois “também acho que só porque os fatos são vulgares, isso não significa que sejam bons, por isso é algo que foi modificado devido à qualidade.”

“Como resultado, há partes onde o erotismo foi reduzido ou enfatizado. Este é o produto final que queremos mostrar como o produto final.”

Kim diz que reduzir o decote ou incluir mais tecido em alguns fatos não foi uma forma de reduzir a sensualidade em Stellar Blade, mas sim uma forma de adicionar mais estilo.

Lê também