Skip to main content

Stellar Blade | Exclusivo PlayStation 5

Reserva Já - Lançamento a 26 de abril

Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Spotify, Tidal, Deezer, Apple Music - qual o melhor serviço de música

Descobre preços, funcionalidades e qualidade de áudio.

Atualmente, os serviços de streaming são uma das maiores fontes de acesso à música. Por uma taxa mensal, podemos desfrutar de música em quase qualquer lugar, sem ter de comprar álbuns, singles ou faixas individuais. Vários provedores oferecem os seus serviços nessa área, incluindo o Spotify, Tidal, Deezer, Apple Music e YouTube Music. Nesta página, sugerimos qual o serviço de música que deves escolher.

Vale a pena notar que muitas bandas sonoras de videojogos estão disponíveis nestes serviços; por isso, se quiseres ouvi-las sempre que quiseres, subscrever um destes serviços poderá ser uma boa ideia.

Nesta página:

Qual o melhor serviço de música para ti?

Se estás à procura de uma resposta rápida para esta pergunta, abaixo sugerimos qual o serviço de streaming que poderá ser uma melhor escolha para ti. No entanto, mais adiante no texto, encontrarás informações mais detalhadas.

Se estás à procura de uma aplicação barata e sem complicações para música no dia a dia, o Spotify é a melhor aposta. O serviço está disponível em praticamente qualquer dispositivo com acesso à Internet. Possui uma app, claro, funções sociais, um enorme banco de dados de músicas e podcasts.

A desvantagem, no entanto, é a qualidade relativamente baixa da música tocada, em comparação à maioria da competição. Se és um amante de música em busca da melhor experiência ao ouvir as tuas músicas favoritas, vale a pena considerares a oferta do Tidal ou Deezer. Os utiliadores da Apple também podem experimentar a aplicação da Apple Music pré-instalada nos seus telefones.

Spotify

O Spotify é um dos serviços mais antigos e, de longe, o mais popular do seu tipo. Fundado em 2006, a empresa possui uma base de mais de 200 milhões de utilizadores ativos. Certamente, a maior vantagem do serviço é a enorme quantidade de músicas que lá estão presentes, se bem que a versão gratuita pode ser um pouco irritante (especialmente no mobile).

Claro está, a versão Premium tem um monte de regalias que não estão presentes para quem não subscreveu o Spotify: podes selecionar músicas específicas, passar uma música à frente as vezes que quiseres, criar playlists, e tudo isto sem um único anúncio publicitário. Podes ver um resumo do Spotify já a seguir:

  • Disponibilidade: Android, iOS, Windows, MacOS, Linux, Chromebook, browser, consolas de jogos
  • Versão gratuita: Sim
  • Vantagens da versão paga: Sem anúncios, retrocesso ilimitado de faixas, audição offline, maior qualidade de áudio e a capacidade de reproduzir qualquer música, não apenas álbuns ou listas de reprodução inteiras
  • Avaliação gratuita premium: 30 dias (até três meses com várias promoções)
  • Preço da subscrição mensal: 6.99€ pelo plano individual, 8.99€ pelo plano duo, 11.99€ pelo plano de família e 3.49€ pelo plano de estudante. Todos os planos possuem um mês grátis de oferta.
  • Banco de dados de músicas: mais de 82 milhões
  • Qualidade máxima do áudio: 160 kbps (versão gratuita), 320 kbps (premium)

Tidal

O Tidal é um player relativamente jovem no mercado de serviços de streaming, mas conseguiu construir rapidamente uma grande base de utilizadores. Tidal é mais conhecido por ter Jay-Z como um dos responsáveis pelo serviço.

A vantagem indiscutível do Tidal sobre a concorrência é uma das mais altas qualidades sonoras disponíveis, o que certamente será apreciado pelos audiófilos com um sistema de som adequado. Enquanto o Spotify foca em elementos sociais, o Tidal promove o contacto entre fãs e artistas. Os músicos podem adicionar conteúdo exclusivo à plataforma e hospedar transmissões ao vivo, incluindo transmissões ao vivo de espetáculos. O Tidal pode pecar um pouco na disponibilidade de podcasts, mas compensa com uma grande base de videoclipes de alta qualidade.

  • Disponibilidade: Android, iOS, Windows, MacOS
  • Versão gratuita: Não
  • Período de teste gratuito: 30 dias
  • Preço da subscrição mensal: 6.99€ por mês pelo HiFi e 13.99€ pelo HiFi Plus. A diferença entre ambos prende-se com a qualidade do som, que é melhor no último.
  • Banco de dados de músicas: mais de 80 milhões
  • Qualidade máxima do áudio: 1411 kbps (versão HiFi, qualidade AudioCD), 9216 kbps (HiFi Plus, qualidade de estúdio)

Deezer

Outro veterano do mercado de streaming, fundado mais ou menos na mesma época do Spotify, mas que nunca ganhou tanta popularidade - com exceção do seu mercado doméstico de países de língua francesa. A Deezer promove-se como um serviço criado para entusiastas de música dispostos a descobrir novos sons.

A Deezer permite ouvir música, podcasts, audiobooks e rádio na Internet. Ela suporta a adição dos teus próprios arquivos MP3 à biblioteca e possui várias faixas exclusivas que também estão disponíveis no catálogo da plataforma.

  • Disponibilidade: Android, iOS, Windows, MacOS, consoles Xbox
  • Versão gratuita: Não (disponível apenas em países selecionados)
  • Vantagens da versão paga: Sem anúncios, retrocesso ilimitado, audição offline, qualidade de som superior
  • Avaliação gratuita premium: 30 dias (até três meses com várias promoções)
  • Preço da subscrição mensal: 10.99€ por mês (sem fidelização), 8.24€ por mês (fidelização de um ano) ou 17.99€ por mês no pack família (sem fidelização). Todos os pacotes têm um mês grátis incluído.
  • Banco de dados de músicas: mais de 90 milhões
  • Qualidade máxima do áudio: 1411 kbps

Apple Music

A Apple Music, como podes imaginar, é um serviço da famosa empresa de tecnologia, direcionado principalmente aos utilizadores do seu ecossistema de produtos, mas também disponível em dispositivos concorrentes. A app é pré-instalada em dispositivos com sistemas iOS e MacOS.

A vantagem indiscutível da Apple Music é reproduzir música num formato quase sem perdas. A Apple Music também celebra contratos de exclusividade musical com algumas estrelas da música.

  • Disponibilidade: iOS, MacOS, Android, Windows, consolas PlayStation
  • Versão gratuita: Não
  • Avaliação gratuita premium: 30 dias
  • Preço da subscrição mensal: 3.99€ por mês (para estudantes), 7.49€ por mês (pacote individual) e 11.99€ por mês (pacote familiar)
  • Banco de dados de músicas: mais de 100 milhões
  • Qualidade máxima do áudio: 1152 kbps (qualidade comparável ao AudioCD)

Youtube Music

O YouTube Music é uma tentativa de inserir o popular serviço de vídeo no mercado de streaming de música. A grande vantagem é que no pacote com o YouTube Music temos acesso ao YouTube Premium, que permite assistir a vídeos sem anúncios, guardá-los offline e reproduzi-los em segundo plano.

Também funciona ao contrário - se pagarmos pela subscrição do YouTube Premium, também teremos acesso automático ao YouTube Music. Os fãs de boa qualidade de som podem ficar desmotivados pelo facto de que a qualidade das músicas tocadas é limitada a apenas 256 kbps, o que corresponde a um arquivo MP3 bastante compactado.

  • Disponibilidade: iOS, MacOS, Android, Windows, consolas PlayStation
  • Versão gratuita: Sim
  • Avaliação gratuita premium: 30 dias
  • Vantagens da versão paga: Sem anúncios, reprodução offline, reprodução em segundo plano
  • Preço da subscrição mensal: 6.99€ por mês para o YouTube Music
  • Banco de dados de músicas: mais de 60 milhões
  • Qualidade máxima do áudio: 256 kbps

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.
Comentários