Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Spore Creature Creator

A fábrica de criaturas.

Títulos como o “The Sims” são um fenómeno de sucesso e é normal que qualquer pessoa que nunca tenha pegado num rato para jogar já tenha ouvido falar dele. Isto deve-se ao facto de as pessoas quererem cada vez mais evadir-se da realidade e vestirem a pele de Deus, criando e controlando tudo sem que essas atitudes sejam condenadas ou limitadas por alguém.

Dos mesmos criadores, Spore Creature Creator leva este conceito mais longe, convidando-nos a criar os mais variados seres com uma mecânica bastante simples de “arrasta e larga”. Mas enganam-se aqueles que pensam que este é um jogo, ou melhor, o jogo. Não passa de uma parte de um todo que será lançado já em Setembro nas lojas.

Mas então se isto não é jogo completo o que é? Bem, apenas a componente de criação de criaturas, que como o nome indica, deixa o jogador usar a sua imaginação para “dar à luz” os mais estranhos animais possíveis. À partida pode parecer pouco para ser lançado no mercado, mas o facto de podermos fazer milhares de combinações possíveis e do seu preço de cerca de 9,99 euros faz com que seja quase irresistível.

Lançado ao mesmo tempo que a demonstração, a única diferença entre o jogo e a demo é a quantidade de objectos que temos para criar as nossas criaturas, o que faz com que estas estejam ao nosso gosto.

Os menus do jogo são bastante intuitivos, e é difícil perdermo-nos perante as opções que são apresentadas no ecrã. Nesta versão estão disponíveis as secções Sporepédia e a creature creator. A primeira deixa-nos ver as criaturas que já foram criadas, assim como as informações sobre as mesmas, e a segunda, como o nome indica, é a opção principal deste título.

A nossa obra-prima começa com uma forma aleatória que nos é dada, e a partir daí podemos editá-la ao nosso gosto , moldando a estrutura óssea. Este é um dos pontos principais que temos de ter em conta quando começamos, pois será a forma principal da nossa criatura. Depois de satisfeitos é altura de adicionar alguns membros. Está disponível um pouco de tudo, desde de braços, passando por patas, e até adereços visuais. Apesar de termos um limite de dinheiro que podemos gastar com cada bicho, não existe nenhum modo para ganharmos mais créditos, ou seja, a Maxis só implementou esta opção para não descarregarmos tudo e mais alguma coisa num só animal.

Quando adicionamos algum item, a complexidade da criatura que está a ser criada aumenta, e são adicionados vários pontos nas diversas categorias. Por exemplo, se adicionarmos uma boca tipicamente carnívora, os pontos para a alimentação vão subir, da mesma forma que adicionar umas vistosas flores ao animal faz com que este tenha mais charme. Apesar de não ser importante neste momento, na versão final de Spore pode ditar a extinção ou sobrevivência da espécie em questão, e é sempre bom relembrar que podemos utilizar as nossas criações nessa versão.

Descobre como realizamos as nossas análises, lendo a nossa política de análises.

Marcado com

Comentários

More Análises

Artigos mais recentes