Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Sony responde ao lançamento da DSi

Diz que a portátil da Nintendo é para crianças.

De acordo com o site Engadget, a Sony enviou uma nota de imprensa em nome de John Koller, director de Marketing da SCEA, onde chama a Nintendo DSi de brinquedo para crianças, que ignora um número significativo de jogadores e que tem pouco apoio das third-parties quando comparada com os títulos que tem a PSP.

Na nota de imprensa é possível ler-se que, "Se a Nintendo está mesmo empenhada em chegar a uma audiência de jogadores mais vasta e diversa para além do mercado para crianças onde eles sempre estiveram empenhados, não haverá nada de novo na DSi que mude essa tendência."

"Um número significativo de jogadores está a ser ignorado, e vai continuar a limitar as oportunidades das editoras externas que se queiram dar bem na DSi."

Para além das críticas à Nintendo DSi, o representante da Sony relembra que a PSP vai receber grandes jogos ainda este ano, quer dos estúdios internos como das produtoras externas.

"Jogos como Rock Band Unplugged da MTV Games, Assassin´s Creed da Ubisoft, Dissidia Final Fantasy da Square Enix, e Hannah Montana da Disney demonstram o compromisso que as editoras têm para com a PSP."

"Dos nossos próprios estúdios, vamos lançar versões de LittleBigPlanet e de MotorStorm, e estamos a preparar uma série de jogos descarregáveis."

Com o lançamento da Nintendo DSi marcado para amanhã no mercado norte-americano, a Sony parece estar a querer sabotar a qualquer custo o lançamento da nova portátil da Nintendo.

No entanto a verdade é que a PSP continua estagnada naquele território, sendo já ameaçada pelo iPhone e o iPod, enquanto que esta nova DSi poderá continuar a vender da mesma forma que a sua irmã DS Lite.

Marcado com

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários