Skip to main content

Sony acusada de abusar do seu domínio

Pelas autoridades na Roménia.

Crédito da imagem: Sony

A autoridade da concorrência na Roménia decidiu iniciar uma investigação à Sony pelo que considera abuso da sua posição dominante na indústria dos videojogos.

A autoridade romena (RCC) acusa a Sony de práticas abusivas e o principal foco da investigação é a venda exclusiva de videojogos através da PlayStation Store, e por não permitir que distribuidores concorrentes possam obter códigos de ativação de jogos.

O comunicado romeno, partilhado no ResetEra, diz que "estas práticas reduzem as opções de compra para videojogos compatíveis com a PlayStation, o que origina preços mais elevados para videojogos neste tipo de consolas. Outro efeito destas práticas é desencorajar estúdios romenos de desenvolver jogos compatíveis com a PlayStation."

A RCC diz que já inspecionou a sede europeia da Sony para obter informações necessárias para o processo e fala em práticas anticompetitivas que prejudicam mais de 1.3 milhões de jogadores e mais de 127 estúdios de desenvolvimento.

Lê também