Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Silicon Knights processa Epic Games

Devido a Unreal Engine 3 incompleto.

Depois de várias tentativas falhadas, o estúdio Silicon Knights recebeu finalmente luz verde dos tribunais dos E.U.A. para abrir um processo contra a Epic Games.

O estúdio queixoso aclama que a Epic falhou em providenciar um motor de jogo que funcionasse, o que fez com que a Silicon Knights tivesse que usar o seu próprio motor de jogo para Too Human, em vez do Unreal Engine 3 como estava planeado.

O processo original feito em 2007 diz ainda que a Epic Games não apenas defraudou a Silicon Knights, mas uma grande parte desta indústria ao reter a versão completa do Unreal Engine e ao concentrar-se mais em Unreal Tournament e Gears of War do que nas ferramentas de produção do motor.

"A Epic tinha possíveis motivos para enganar a SK a entrar num acordo de licença para financiar a produção dos seus jogos e atrasar o trabalho da SK e outras licenças concorrentes dos seus videojogos," disse o tribunal.

"Há também a admissão da Epic, na sua resposta, de que desenvolveu o Unreal Engine 3 em conjunto com a produção do seu próprio jogo como parte de um 'modelo sinérgico', e não separadamente como levou a SK a acreditar."

Vamos ficar atentos para ver como decorre o processo.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes