Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

São importantes os 60fps na PlayStation 5 e Xbox Series X|S?

Dá a tua opinião. Queremos saber.

Esta geração tem sido marcada pela transição dos 30 fotogramas por segundo para os mais fluídos 60fps, com praticamente todos os títulos a darem esse salto, com várias opções de imagem, cabendo depois ao jogador escolher a experiência que mais se adequa a si.

Mas recentemente chegaram jogos às consolas da atual geração, PlayStation 5 e Xbox Series X|S, sem um modo de desempenho a 60 fotogramas por segundo.

Tivemos A Plague Tale: Requiem e Gotham Knights, ambos bloqueados a apenas um modo de imagem a 30fps. Certo que Requiem dá a possibilidade de se jogar a 40fps se tiverem um ecrã compatível com o VRR, mas mesmo essa opção não é nada válida, pois as quedas em desempenho nesse modo são significativas e prejudicam muito a experiência de jogo.

Neste artigo queremos saber ao que vocês dão mais prioridade e importância. Ao desempenho a 60fps, que certamente irá comprometer um pouco a qualidade de imagem, ou jogar com a melhor imagem possível, nem que para isso os produtores tenham de sacrificar o desempenho de tal forma que o título passe a ter apenas a opção de 30fps.

Podem utilizar a secção de comentários para dar a vossa opinião, bem como a votação em baixo para fazer a vossa escolha.

Sobre o Autor
Adolfo Soares avatar

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Comentários