Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Rumor: Suicide Squad: Kill the Justice League é um jogo serviço

Com battle pass, micro-transações, gear e mais.

Suicide Squad: Kill the Justice League marcará o regresso da Rocksteady Studios e após a trilogia Arkham, existe imensa curiosidade para ver o que este aclamado estúdio fará com o que parece ser uma arrojada abordagem aos jogos de super-heróis.

Apesar de estar agendado para 26 de maio de 2023, ainda sabemos pouco sobre este Suicide Squad: Kill the Justice League e através do Reddit, foram partilhadas informações não oficiais que provavelmente estão muito distantes daquilo que os fãs queriam ouvir.

Segundo informações partilhadas no Reddit, por alguém que está, alegadamente, a experimentar uma versão de teste de Suicide Squad: Kill the Justice League, a Rocksteady apostou em diversos conceitos e mecânicas que vão deixar muitos narizes encorrilhados, especialmente porque parece tratar-se de um jogo serviço.

O fantasma de Marvel: Avengers vive sem pagar renda na mente de muitos jogadores, mesmo de quem nem o jogou, o que poderá fazer disparar alarmes quando é referido que Suicide Squad: Kill the Justice League é um jogo serviço, com battle pass e posicionado para receber várias micro-transações.

A imagem partilhada nas redes sociais e Reddit, visível em baixo, mostra o menu de escolha de missão e personagens, com a possibilidade de ativar a funcionalidade matchmaking para criar equipa de 4 jogadores, nível de personagem e gear.

Esta imagem permite ver o menu de Suicide Squad: Kill the Justice League e em cima podes ver a expectável ligação para a loja digital da plataforma onde estás a jogar, o separador battle pass e separadores para talentos e social.

Algo curioso neste menu é que cada personagem exibe dois números diferentes. O número no círculo dourado parece ser o nível da personagem/jogador, mas o outro número não sabemos exatamente do que se trata.

Esperavas ver Suicide Squad: Kill the Justice League como um jogo serviço?

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários