Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Rumor: Funcionários da Crytek com salários atrasados

Parece que a companhia está novamente em risco.

A Crytek pode estar novamente em risco financeiro. O primeiro indício foi uma publicação que surgiu no Reddit há três dias, aparentemente feita por um dos funcionários do estúdio alemão da Crytek. O funcionário em questão queixa-se que não recebe o seu salário há seis meses.

"Já aconteceu algumas vezes no passado, mas nunca por tanto tempo. A gestão nunca avisa ninguém, e não é evidente se estão a receber ou sequer se estão informados pelos donos da companhia. Da última vez que aconteceu disseram-nos que era a última vez, mas está a acontecer novamente. Muitos dos meus colegas deslocaram-se para o país para trabalharem aqui e não podem sair pois não podem pagar a viagem de volta para casa devido a não receberem o salário há tanto tempo," foi dito.

Entretanto, o Eurogamer Inglês conseguiu entrar em contacto com funcionários do escritório de Frankfurt da Crytek, que corroboraram estas informações. Uma das fontes referiu que os funcionários não recebem há dois meses e que nos últimos cinco meses o pagamento do salário atrasou-se quatro semanas.

Outra fonte refere que "acredita que a Crytek ficou sem dinheiro". Aparentemente a gestão da companhia está no processo de fazer novos acordos para salvar a Crytek, mas está a demorar mais do que esperado. Uma outra fonte menciona que não sabe se Cevat Yerli, o CEO da Crytek, está ainda na companhia, dizendo que não o vê nas reuniões há meses e que o seu irmão Avni tem sido a fonte de contacto principal.

Esta não é a primeira vez que a Crytek se vê envolvida em sarilhos financeiros. Em 2014 houve uma situação semelhante, que resultou na venda do estúdio Crytek UK e da propriedade Homefront à Deep Silver. Nessa altura a Crytek também assinou um acordo de licença do CryEngine com a Amazon, que salvou a companhia da falência.

Até agora a Crytek ainda não comentou sobre o assunto. Os seus jogos mais recentes são Robison: The Journey e The Climb, ambos para os dispositivos de realidade virtual.

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários