Skip to main content

Rumor avança saída de Henry Cavill do universo cinemático da DC

Um Witcher não tem tempo para ser o Super-Homem.

A DC e a Warner Bros. Entertainment parecem prontas para mudar por completo a imagem do seu universo cinemático, o que poderá não ser compatível com Henry Cavill, actor que deu vida a Super-Homem nos três mais recentes filmes onde o personagem marcou presença.

Por seu lado, Cavill está prestes a iniciar as gravações da série The Witcher para a Netflix, o que poderá ter criado um conflito com os interesses da DC e Warner.

Segundo avançado pelo The Hollywood Reporter, não confirmado oficialmente ainda, isto significa uma coisa - Cavill deixará de ser o Super-Homem nos filmes da DC.

Depois de Man of Steel, Batman vs. Superman: Dawn of Justice e Justice League, Cavill poderá ter pendurado a capa de vez e não mais voltar a representar o icónico personagem no cinema.

O THR avança que a Warner queria que Cavill filmasse algumas cenas para o filme Shazam! enquanto Super-Homem, mas as negociações não correram como esperado e o futuro de Cavil no universo DC traçado.

Fontes anónimas dizem ainda que a Warner se vai concentrar num filme da Supergirl, com um tom totalmente diferente dos actuais filmes da DC e com uma história de origem, o que poderá colocar problemas para a presença de Henry Cavill como Super-Homem no lore cinemático da DC.

A mesma fonte diz que a DC quer reiniciar o universo cinemático da DC e injectar uma energia totalmente diferente nas suas produções - como podes ver pelo tom de Shazam!, que estreará em Abril.

Nesta busca por uma espécie de reset ao universo DC no cinema poderá resultar num novo Super-Homem.

Lê também