Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Riccitiello:" EA cancela um a dois jogos por ano."

Presidente considera isto uma prática comum.

John Riccitiello, presidente da Electronic Arts, acha natural que as companhias de videojogos cancelem projectos se os requisitos minimos de qualidade impostos não ultrapasem as expectativas da companhia.

Numa entrevista concedida ao Gamasutra, Riccitiello falou sobre o recente cancelamento de Tiberium, jogo de acção na primeira pessoa multiplataformas que foi eliminado do catálogo de jogos da companhia por não alcançar a qualidade requerida ao longo do desenvolvimento.

Riccitiello declarou que: "Quando algo não atinge as expectativas, podes até investir mais, dar mais tempo para se mudar o conceito ou acabar de vez com ele. Se queres ter qualidade, tens que seguir estes caminhos. Se não seguires esta linha vais estar a sacrificar o valor dos teus jogos."

Segundo o presidente da EA, a companhia cancela aproximadamente uma média de um a dois jogos a cada ano, quando não se cumpre com as exigências de qualidade estabelecidas no começo do projecto.

Esta prática, apesar de chocar os utilizadores, principalmente se forem jogos já apresentados ao público, é habitual nas companhias.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários