Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Governo no Reino Unido pede provas para classificar loot boxes como jogo de sorte

Poderão ser classificadas para maiores de 18 anos.

O governo do Reino Unido poderá estar a preparar-se para definir as caixas de loot como jogo de sorte após ter pedido provas que o confirmem.

Segundo avançado pelo The Guardian, o Departamento para Digital, Cultura, Media e Desporto está pronto para apresentar provas sobre o risco que as caixas de loot representam para as crianças no país.

No Reino Unido, as caixas de loot não são vistas como jogo de sorte, o que significa que não são reguladas pela respectiva comissão, mas se o governo decidir classificá-las como tal, serão forçadas a apresentar uma classificação para maiores de 18 anos ou terão de receber ajustes para que possam ser vendidas a menores de 18 anos

Isto poderá ter um impacto significativo em jogos como os da série FIFA da EA, nos quais o modo Ultimate Team é uma autêntica galinha de ouro, graças aos pacotes de cartas que os jogadores compram com dinheiro real. Em Janeiro de 2019, a EA foi forçada pelo governo da Bélgica a parar de vender pacotes de cartas comprados com dinheiro real, algo que poderá ter de fazer no Reino Unido.

Na altura, a EA declarou que perder as receitas vindas da Bélgica não era muito significativo para a performance do Ultimate Team, mas um mercado como o Reino Unido poderá ser outra conversa.

Os jogos FIFA figuram como os mais vendidos a cada ano e o Ultimate Team é uma forte fonte de receita recorrente. Se a EA for forçada a mudar o modo ou a retirar os pacotes comprados com dinheiro real, as coisas podem ficar sérias.

O governo do Reino Unido está debaixo de pressão para abordar as caixas de loot e os possíveis efeitos negativos nas crianças, que podem ficar viciadas em jogos de sorte e banalizar o gasto de dinheiro nestas "mecânicas surpresa".

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários