Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Receitas da Xbox cresceram 65% entre Abril e Junho

Receitas geradas pelas consolas cresceram 49%.

Durante a primeira metade de 2020, o mundo viu-se perante a pandemia COVID-19, o que forçou os governos a decretar o isolamento social e a aplicar medidas restritivas sobre o deslocamento fora de casa.

Isto significou que milhões de pessoas ficaram em casa e com autorização para se deslocarem apenas para a compra de bens essenciais e com imenso tempo para matar, algo que contou com a ajuda dos videojogos.

Durante os últimos meses, os videojogos ajudaram as pessoas a escapar aos dramas da realidade e a encontrarem momentos de diversão, o que por sua vez significou uma procura acima do normal para as consolas, comandos, serviços e jogos.

A indústria beneficiou desta procura por entretenimento na era COVID-19, uma batalha que ainda perdura em diversas partes do globo, conquistando uma inesperada importância na saúde mental dos jogadores, o que permitiu registar números impressionantes.

Segundo revelado pela Microsoft no seu mais recente relatório financeiro, obrigado TheVerge, entre os meses de Abril e Junho de 2020, a divisão "More Personal Computing" à qual a Xbox pertence, teve um crescimento de 14%, sobre o mesmo período em 2019.

Sobre a divisão de videojogos, mais especificamente a Xbox, a Microsoft registou um aumento de 65% nas receitas geradas pelos conteúdos e serviços da sua divisão de jogos, enquanto as receitas geradas pela venda de consolas cresceram 49%.

Ao longo dos últimos meses, surgiram diversos relatos de escassez de stock da Xbox One em lojas de todo o mundo e picos de actividade nos serviços online devido ao papel dos videojogos nesta pandemia.

Estes resultados são mais um forte indicador de como os videojogos foram uma das principais formas de escapar à dura realidade.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários