Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Realidade virtual com baixa adopção no Steam

Apenas 0.18% dos utilizadores têm um HTC Vive.

Embora já seja possível comprar um dispositivo de realidade virtual sem restrições, a taxa de adopção pelos utilizadores do Steam, a maior plataforma de distribuição digital de jogos para PC, tem sido baixa.

De acordo com um inquérito realizado pelo próprio Steam em Agosto, apenas 0.18 porcento dos utilizadores do Steam têm um HTC Vive. No caso do Oculus Rift, a percentagem é menor ainda, ficando nos 0.10 porcento. Embora 2016 seja sem dúvida o ano da realidade virtual, havendo uma grande aposta da indústria nesta tecnologia, existem várias razões para explicar a baixa adopção.

Para começar, a realidade virtual ainda é cara. O Oculus Rift custa 599 dólares. O HTC Vive é mais caro ainda, ficando por 899 euros na Europa. Além do preço dos dispositivos de realidade virtual, é preciso ter um PC com as especificações recomendadas. Neste momento, um razoável para a realidade virtual custa algures entre a 900 a 1000 euros.

Portanto, embora a realidade virtual já esteja disponível para o público, o custo elevado da tecnologia fez com que apenas os maiores entusiastas (e com rendimentos suficientes) a tenham adoptado. A Sony vai lançar o seu dispositivo de realidade virtual, o PlayStation VR, já em Outubro. Será curioso ver qual será a taxa de adopção entre os utilizadores da PS4.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes