Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Jovem preso 18 meses por transmitir vírus pelo Call of Duty

Roubou e vendeu códigos bancários dos jogadores

De acordo com o jornal Kent Online, um rapaz de 20 anos foi preso por transmitir através de um hack de Call of Duty um vírus, conseguindo faturar milhares de dólares por vender dados dos que usaram o código.

O jovem, de nome Lewys Martin, dos EUA, introduziu um vírus Trojan no código de um programa para poder correr o jogo Call of Duty, onde após correr conseguiu registar os números do código bancário e contas dos utilizadores, os quais mais tarde vendia por 1 a 5 dólares.

O jovem mantinha o dinheiro fora do país, numa conta offshore na Costa Rica. Foi apanhado pela polícia devido a outro crime, pois estava a roubar equipamento informático em escolas de Dover, isto enquanto estava bêbado.

As autoridades não sabem quanto dinheiro o jovem conseguiu fazer, pois comentam que o banco onde o dinheiro foi depositado não está a colaborar. Por outro lado, o próprio Lewys Martin confessou que foram milhares de dólares.

Este processo já decorre desde novembro de 2011, onde Lewys pediu para cursar a universidade, na área da informática, mas não resultou, pois continuou a praticar crimes.

Agora o juiz Nigel Van Der Bijl não perdoou Lewys Martin, sentenciando-o a 18 meses de prisão.

Sobre o Autor
Jorge Soares avatar

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Comentários